C.E Sangenetto

Caro Gatito Fernández,

Você deve saber o tamanho do Botafogo. Se não sabia, está sabendo agora. A história, os louros, a torcida, tudo. Outra coisa que você deve ter noção é a responsabilidade de vestir a camisa número 1 do Fogão, que por anos pertenceu a Jefferson, o melhor goleiro do Brasil e um dos maiores ídolos do Glorioso.

Mas vamos ser sinceros aqui? Muitos torcedores, mal acostumados com um paredão no gol e com a boa performance de Sidão no ano passado, estão meio desconfiados de você depois de umas defesas respingadas e o vacilo contra o Macaé (Foi chato, né? Mas acontece). Os alvinegros, apesar de compreensivos, estão ao mesmo tempo apreensivos: “Será que Gatito vai dar conta?”, “O Gatito vai sentir a pressão?”, “Não sei se ele passa segurança”

Aquela estrela na camisa pesa, Gatito.

Mas não fique preocupado, te acompanhamos nos últimos anos. O Brasil inteiro.
Você é um cara bom, não temos dúvida disso. Se não fosse, não seria escolhido para defender um dos anos mais importantes do clube.

Aqui costumamos dizer que não escolhemos o Botafogo, somos escolhidos.
Onde você está agora?

Gatito Fernández durante treino do Botafogo Gatito Fernández defenderá o gol do Fogão em decisão
no Chile (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Você será bombardeado em Santiago.
Os chilenos vão vir para cima, precisam do resultado.
E essa é sua hora de brilhar e ganhar essa torcida apaixonada.
Pode ter certeza que ela estará contigo em cada salto, cada bola, cada defesa.
Encha o peito de ar e sinta toda essa energia.

Vibre! Vibraremos juntos daqui.
Traga a vaga nas luvas.
De Gatito para Gamito é um pulo, o pulo da classificação.

Saudações alvinegras!

(Usem os comentários abaixo para enviar mensagens ao goleiro do Fogão)

.