Chico Fonseca: Botafogo não viajou por economia

Compartilhe:

Com o objetivo de blindar o elenco do Botafogo, o vice-presidente de futebol do clube, Chico Fonseca, se pronunciou na manhã desta terça-feira sobre o cancelamento do período de treinos em Pinheiral (RJ) e justificou o fato como uma opção da diretoria, refutando que tenha ocorrido uma “rebelião” dos jogadores por conta dos salários atrasados.

– O Botafogo decidiu não ir para Pinheiral por motivos de economia. Todos sabem que estamos em um momento complicado e reduzindo custos. Não havia motivos para irmos pra lá. Vamos dividir os treinos entre General Severiano e Engenhão – disse Chico Fonseca, revelando que o clube – como um todo – está fazendo cortes no quadro de trabalho para tentar manter ao máximo o elenco de futebol profissional:

– Estamos demitindo em alguns setores e reduzindo custos em todos os setores para mexer o mínimo possível no futebol.

Com o Engenhão interditado pela prefeitura desde 26 de março por problemas na cobertura e com a previsão de reabertura apenas em dezembro de 2014, o Botafogo perdeu uma de suas principais fontes de receita e tem passado pelas mais variadas dificuldades financeiras.

Nesta quinta-feira, o elenco vai completar dois meses com salários atrasados na carteira e também nos direitos de imagem. Havia a promessa da diretoria em pagar um mês até esta terça-feira, data da reapresentação dos jogadores para treinos, porém o depósito não foi realizado. Como um todo, o grupo alvinegro está insatisfeito, porém um possível protesto não foi citado na entrevista concedida por Chico Fonseca.

– Estamos trabalhando para pagar uma parte (dos salários) nesta semana – completou o vice de futebol.

Fonte: Lancenet!

Comentários