Coluna: Bota sofre penhoras porque sonegou R$ 95 milhões

Compartilhe:

A coluna descobriu por que o Botafogo foi excluído do ato trabalhista que impedia as penhoras. Pelo acordo inicial, o clube deveria ter destinado 20% de sua receita de janeiro de 2009 a março de 2013 para o pagamento de reclamações trabalhistas. Ou seja: R$ 125.438.248,50 – levando-se em conta a receita bruta de R$ 627.191.242,50. Mas o Botafogo depositou apenas R$ 30.344.015,87. Uma sonegação, portanto, de R$ 95.094.232,63.



Fonte: Coluna Extracampo - Marluci Martins - Extra
Comentários