Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

​Dirigente, sobre infiltrados na torcida do Botafogo: ‘Vai se arrepender e ir no Jecrim’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

​Infelizmente, a preocupação com a segurança virou rotina no futebol brasileiro. No clássico desta quarta-feira (16) entre Botafogo e Flamengo, pela semifinal da Copa do Brasil, não é diferente. Um esquema de policiamento foi montado para a partida e a segurança foi reforçada por parte do clube alvinegro, mandante do jogo de ida, no Nilton Santos.

Entretanto, há outra preocupação. Nas redes sociais, alguns flamenguistas que ficaram sem ingressos afirmaram estar se movimentando para adquirir bilhetes para o lado do rival, o que o Botafogo não recomenda. Ao Esporte Interativo, o VP Social e de Comunicação do clube, Márcio Padilha, mostrou preocupação e afirmou que quem for identificado será encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

“O cara que fizer isso vai se arrepender. Primeiro porque não dá para a gente garantir a segurança dele, porque será um no meio de uma multidão. E outra porque ele vai perder o dinheiro. Assim que for identificado vai ser retirado do estádio e será levado para o Jecrim”, disse.

Márcio Padilha contou ainda que haverá fiscalização para evitar infiltrações. O dirigente do Botafogo revelou que o 3º BPM, do Méier, fará o policiamento nos arredores do estádio e na estação de trem. O torcedor do Flamengo que não estiver com ingresso na mão não conseguirá se aproximar do Nilton Santos.

Botafogo e Flamengo se enfrentam às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira (16). A partida abre os 180 minutos desta semifinal de Copa do Brasil. O primeiro jogo será realizado no Nilton Santos e a volta, no Maracanã.

Notícias relacionadas
Comentários