Análise: Óscar Romero pode ser a primeira contratação de um Botafogo que sonha alto

64 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Óscar Romero, ex-San Lorenzo
Instagram/Irmãos Romero

As primeiras contratações do Botafogo em 2022 foram apostas em jogadores para compor o elenco. Com a perspectiva concreta de investimento na SAF, o clube agora mira reforços para qualificar a equipe e tornar o time competitivo para a temporada. O nome da vez é do meia-direita de 29 anos Óscar Romero, ex-San Lorenzo e jogador da seleção paraguaia. O atleta gostou do projeto alvinegro e aguarda uma proposta oficial para definir seu futuro.

Óscar Romero começou a carreira no Cerro Porteño, junto com seu irmão gêmeo Ángel. Enquanto o irmão fez carreira no Brasil, atuando no Corinthians, Óscar rumou para a Argentina, onde se destacou com a camisa do Racing. Três boas temporadas no futebol argentino abriram as portas do futebol europeu para o meia, que foi comprado pelo Shanghai Shenhua por nove milhões de dólares e repassado por empréstimo para o Alavés da Espanha. Conseguiu algumas assistências, mas não brilhou nos gramados espanhóis. Em sua passagem pelo futebol chinês, esteve várias vezes vinculado a rumores de transferência para o futebol brasileiro. Acabou reencontrando o irmão no San Lorenzo, onde atuou nas últimas duas temporadas.

A análise superficial dos números recentes de Romero não impressiona. Na última temporada, jogou 25 partidas com a camisa do Ciclón, 19 como titular, marcou quatro gols e distribuiu três assistências. É fundamental destacar que o San Lorenzo terminou o campeonato argentino na 21ª colocação entre 26 times e encara uma crise que se arrasta desde 2019. Pela seleção paraguaia tem 54 jogos e quatro gols marcados. Disputou nove jogos com a camisa alvirrubra em 2021, pelas eliminatórias da Copa do Mundo e Copa América, começando como titular em apenas duas ocasiões.

View post on imgur.com

Contudo, há alguns pontos interessantes nas estatísticas recentes do paraguaio. A análise isolada do desempenho na Copa da Liga Profissional de 2021, competição em que o San Lorenzo terminou em quinto lugar em seu grupo, ilustra algumas das qualidades do jogador. Em 12 jogos, Romero registrou média de 55 toques na bola, com 75% de eficiência nos passes no campo de ataque, um bom índice para um jogador de criação que arrisca passes difíceis com frequência. Destaque também para a média 70% de acerto nas bolas longas e de 39% nos cruzamentos.

Óscar não é um jogador de lances plásticos, não é um goleador, mas um jogador que atua para o coletivo e, consequentemente, depende de um coletivo em bom funcionamento para se destacar. Canhoto que atua preferencialmente pelo lado direito, Óscar Romero gosta de buscar diagonais para o centro do campo buscando a movimentação de seus companheiros, seja para encontrar uma ultrapassagem em velocidade, seja para lançar a bola em profundidade. O meia também é ótimo nos cruzamentos e consegue boa parte de suas assistências em cobranças de escanteio.

Análise Óscar Romero

O interesse e a negociação pela contratação de Óscar Romero indica que o Botafogo está atento ao mercado e disposto a investir em jogadores que mudem o time de nível. A chegada do paraguaio pode ser a primeira de algumas contratações que o elenco precisa para poder pensar grande nessa nova fase do clube.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas