Estreante na Champions, Fernando guarda ‘carinho muito grande’ do Botafogo, segue na torcida na Moldávia e supera críticas: ‘Faz parte’

22 comentários

Carlos Eduardo Sangenetto

Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Fernando Costanza, ex-Botafogo, pelo Sheriff Tiraspol
Divulgação/Sheriff Tiraspol

A torcida do Botafogo vive um momento mágico e não gosta nem de lembrar de quem atuou na lateral direita na última temporada, posição mais problemática da equipe e que agora conta com Rafael, ex-Manchester United e Lyon. O clima é outro! No entanto, o lateral Fernando Costanza, um dos titulares esporádicos daquele time que acabou rebaixado para Série B, parece ter superado as críticas e disse guardar um “carinho muito grande” da sua passagem pelo Fogão (assista ao vídeo no fim da matéria).

Hoje jogador do Sheriff Tiraspol, da Moldávia, que estreia nesta quarta-feira (15/9) na fase de grupos de Liga dos Campeões da Europa, Fernando demonstrou gratidão pelo Botafogo, seu clube formador, afirmou que ainda tem contato com jogadores do clube e que também tenta acompanhar os jogos, mesmo com a dificuldade do fuso horário (+6h).

– Guardo carinho. Tive uma passagem longa no Botafogo, contando base, profissional, foi o clube que me formou. É um clube que gosto muito, acompanho sempre que posso, mas por causa do fuso horário às vezes não dá. Mas sempre que dá eu acostumo acompanhar os jogos. tento falar com o pessoal que tenho contato lá desejando boa sorte lá e estou sempre na torcida – contou o jogador de 22 anos, em entrevista ao canal “Times Brasil TV“, especializado em transmissões de “futebol alternativo” pela internet.

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: bolsas de academia e mochila do Botafogo

Questionado pela reportagem do FogãoNET durante a live se fez alguma autocrítica de sua passagem recente pelo Botafogo, Fernando declarou que teve que saber lidar com o momento difícil vivido. Ele foi liberado em setembro de 2020 e se despediu do clube em fevereiro deste ano.

Isso é normal, principalmente quando os resultados não vêm, isso acaba acontecendo, faz parte do futebol e a gente tem que saber lidar com essa critica externa e tudo mais. Agora é me manter concentrado, trabalhar e fazer com que as coisas venham a dar certo. E graças a Deus tem dado tudo certo. Guardo um carinho muito grande do Botafogo – concluiu.

Sheriff, de Fernando, está no grupo do Real Madrid na Champions

Campeão moldávio, o Sheriff Tiraspol eliminou o Dínamo Zagreb, da Croácia, nos Playoffs da Champions e se classificou para o Grupo D da competição continental. Fernando dividirá o campo com Real Madrid, Inter de Milão e Shakhtar Donetsk, adversário desta quarta, em casa, a partir das 13h45 (horário de Brasília).

Assista ao vídeo do trecho da entrevista com Fernando abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas