Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Emprestado pelo Botafogo e contestado pela torcida do Grêmio, Luiz Fernando ganha confiança de Felipão

24 comentários

Boletim do C.E.

Boletim do C.E.

Compartilhe

Luiz Felipe Scolari (Felipão) deposita confiança em Luiz Fernando, emprestado pelo Botafogo, no Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

O técnico Luiz Felipe Scolari parece ter dado fim às especulações de um possível retorno de Luiz Fernando ao Botafogo. Emprestado ao Grêmio até dezembro, o atacante deve fazer parte dos planos do Tricolor Gaúcho para o restante da temporada 2021.

Após a primeira vitória do Grêmio na Série A do Brasileirão, sobre o Fluminense no Maracanã, no último domingo (18/7), Felipão lembrou de Luiz Fernando quando respondeu uma pergunta sobre o posicionamento do meia-atacante Alisson na partida. Recém-chegado ao comando do time, depois da saída de Renato Gaúcho, o treinador disse que confia “plenamente” no futebol do jogador.

– O Alisson é um jogador altamente tático, que qualquer técnico no mundo quer. Naturalmente quando assistia aos jogos do Grêmio, eu via o Alisson fazer o aquilo o Renato solicitava pelo lado direito ou pelo lado esquerdo. Nós temos jogadores assim. Hoje cumpriu muito bem o Léo, outro dia também. Nós temos o Luiz Fernando, que embora os torcedores possam ter alguma implicância, eu confio plenamente por tudo aquilo que vi ele jogar pelo lado esquerdo no Botafogo em alguns momentos no Grêmio – disse Felipão em entrevista coletiva.

Luiz Felipe Scolari fala sobre Luiz Fernando após Grêmio 1 x 0 Fluminense | Campeonato Brasileiro 2021
Luiz Felipe Scolari depositou confiança em Luiz Fernando na entrevista coletiva (Foto: Reprodução/SporTV)

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: bolsas de academia e mochila do Botafogo

Números de Luiz Fernando na temporada 2021 pelo Grêmio

Na atual temporada, Luiz Fernando entrou em campo em 11 jogos e balançou as redes duas vezes. Ele marcou dois gols na goleada por 8 a 0 sobre o Aragua, da Venezuela, em maio, em Porto Alegre, pela fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas
Comentários