Programa de TV cita comentários do FogãoNET e ‘não consegue entender’ decisão do Botafogo de emprestar Erison ao Estoril

121 comentários

Carlos Eduardo Sangenetto

Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Empréstimo de Erison, do Botafogo, para o Estoril vira assunto no "Os Donos da Bola"
Reprodução/TV Band

A decisão do Botafogo de emprestar Erison ao Estoril Praia, de Portugal, já foi explicada pelo técnico Luís Castro e pelo acionista John Textor, mas continua dando o que falar nas redes sociais alvinegras e na imprensa. Na tarde desta segunda-feira (29/8), dia seguinte ao clássico contra o Flamengo no Estádio Nilton Santos, a edição carioca do programa “Os Donos da Bola”, da TV Band, “não conseguiu entender” a negociação (veja vídeo no fim da matéria).

O apresentador Getúlio Vargas destacou os comentários na página do FogãoNET no Instagram para exemplificar a insatisfação dos botafoguenses com o empréstimo.

Eu sigo uma página do Botafogo chamada FogãoNET. Muito maneiro, os caras atualizam o tempo todo. Sigo também o Braune, que é blogueiro e já esteve aqui com a gente. Rapaz, o Botafogo emprestou seu artilheiro na temporada com 15 gols, que é o Erison, no amor, na faixa, 0800 para o Estoril e ninguém entendeu. E eu vi lá, sem sacanagem: tinha uns 800 comentários querendo entender como se empresta o artilheiro da temporada – disse Getúlio Vargas.

Não consigo entender. Até porque o Botafogo nessa situação ainda precisa muito do Erison. Ele já foi decisivo em outros momentos. Eu venho falando desde o início da competição: o Botafogo tem que se preocupar em atingir um número de pontos que não deixe ele correr um risco de voltar à Série B. Hoje está a só dois pontos da zona de rebaixamento. Isso é preocupante – acrescentou o comentarista Carlos Alberto, jogador do Glorioso nas temporadas 2008 e 2014.

A gente está aqui para debater, mas a SAF trabalha desse jeito. E isso vai acontecer mais vezes, não vai ser só essa vez. O torcedor, óbvio, fica incomodado, a gente também porque ele vinha bem. Estava machucado, não vinha jogando. Mas é um cara que tinha um peso. Era o dono do time, teoricamente – também opinou o repórter Flávio Amendola.

Instagram do FogãoNET (@fogaonet)

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas