A novela Emerson Santos está longe do fim. O empresário Jailton Oliveira não gostou da proposta do clube feita em reunião em General Severiano, recusou e condicionou as negociações a um retorno do zagueiro aos jogos do Botafogo.

– O Lopes (Antônio, gerente) pediu para ter uma nova reunião, e fui lá. Ele começou até elogiando o comportamento, a educação e o profissionalismo do Emerson. Mas para minha surpresa, a gente pensava que o negócio ia evoluir, mas ele veio com uma proposta inferior em números à que foi feita no dia 22 de dezembro de 2016. Ele nem sabia dessa proposta de dezembro, tive que abrir minha caixa de e-mail na reunião para mostrar. Essa reunião não evoluiu nada. O que está sendo feito com o garoto é uma tortura psicológica – criticou o agente ao site “Globoesporte.com”.

Embora o Botafogo negue que o jogador esteja afastado, o empresário exige que ele volte a jogar.

– Eu deixei claro para o Lopes que não há nada que impeça de inscrever o Emerson. Coloquei que quando o Emerson voltar a jogar, a gente volta com as negociações. O que queremos são condições iguais aos outros – disse.

– Aproveitei para questioná-lo sobre o afastamento do Emerson. Ele não soube explicar, primeiro disse que era opção da comissão técnica. Mas argumentei que se a comissão enxerga que ele não tem condições de jogar a Libertadores, de estar no grupo, não tem sentido querer renovar. Ele gaguejou e disse que é questão da diretoria. Então por que a diretoria está tratando o Emerson com critério diferente dos outros companheiros que acabam contrato em dezembro e estão jogando? Caso do Airton, do Lindoso, do Bruno Silva… Eles também estão negociando a renovação, por que só o Emerson está afastado? O Sassá a gente sabe que é por outra questão.

Fora da lista da Libertadores, Emerson está cabisbaixo com a situação. O empresário quer salário de R$ 200 mil, R$ 1 milhão em luvas e 25% dos direitos econômicos do jogador de 21 anos, que ainda não se firmou e viu Marcelo se destacar enquanto ficou fora de jogos importantes.

Fonte: Globoesporte.com