SAULO: 4,0
Mostrou insegurança em bolas fáceis e levou 3 gols

LUIS RICARDO: 2,0
Olhou nos três gols. Atuação mais uma vez fraca

CARLI: 3,0
Sofreu para marcar os adversários, deu espaços e não se impôs

IGOR RABELLO: 2,5
Enfeitou uma saída de bola e o Botafogo tomou o primeiro gol. Mal no jogo

MOISÉS: 2,5
Deu espaços demais, não marcou direito nem atacou, fez firulas e entregou o terceiro gol

JEAN: 3,0
Muito vigor e vontade. Porém, mal na ocupação de espaços e com a bola no pé

MATHEUS FERNANDES: 5,0
Um dos únicos que jogou bola. Correu muito, marcou, desarmou e chegou à frente

MARCINHO: 3,0
Tentou, mas nitidamente não foi bem na nova posição. Deu mole no primeiro gol e pouco fez na frente

RENATINHO: 3,0
Jogou? Passeou em campo o tempo todo, só apareceu em um chute defendido pelo goleiro

LUIZ FERNANDO: 5,0
Com boas escapadas pela esquerda, era o único incômodo ao Internacional. Se machucou

AGUIRRE: 4,0
De centroavante, pouco fez, mas a bola quase não chegou também. Dois chutes com perigo

BRENNER: 3,5
Entrou brigando, levou cartão amarelo e não fez mais nada

GILSON: 4,0
Pelo menos compôs seu lado e marcou com vontade. Levou terceiro cartão amarelo

LEO VALENCIA: 4,0
Tentou armar o jogo e organizar o ataque, mas pouco levou perigo. Mais ativo que os demais

MARCOS PAQUETÁ: 1,5
Um festival de invencionices que deixou o time exposto e sem qualquer poder de fogo. Foi incapaz de promover mudanças. Precisa urgente dar padrão a sua equipe