Base: sub-11 vence Fla e é campeão da Copa Rio Bonito

Compartilhe:

O Sub-11 do Botafogo é o indiscutível campeão da 9ª Copa Rio Bonito! O Gloriosinho venceu o Flamengo por 2 a 1 em jogo emocionante, conquistou o título inédito e quebrou a hegemonia do Fluminense, equipe que o Fogão eliminou por 1 a 0 na semifinal. Os gols do título foram marcados por Gabriel Campos e Hilander, eleito o melhor jogador da competição.

Palco de toda a competição, o Rio Bonito Atlético Clube ficou pequeno para a decisão entre Botafogo e Flamengo. Enquanto as equipes recebiam as ultimas instruções no vestiário, as torcidas faziam muita festa e ditavam o ritmo da bela decisão. O Botafogo entrou em campo junto, de mãos dadas, como fez desde a rodada inicial. Os meninos sabiam da importância da conquista e só soltaram as mãos para pegar o troféu.

Botafogo_campeão_RioBonito

O primeiro tempo iniciou e o Flamengo se postou no campo de defesa alvinegro. Com maior volume de jogo, os rubro-negros rondaram a área alvinegra, mas a consistente zaga composta por Gustavo e Norberto fechou as portas para um gol do rival. O adversário criou aos 8, mas o chute foi interceptado pelo goleiro Pedro Victor, que caiu no canto esquerdo e espalmou com segurança. O Botafogo manteve seu jogo e não se desesperou, guardando para o segundo tempo todas as emoções possíveis.

Com a segunda etapa, volta um Botafogo dominador e com sua calma habitual. Logo no primeiro minuto, Gustavo cobrou escanteio e Brunno Natal testou com perigo. A pressão estava lançada e o gol era questão de tempo. Aos 6, Gabriel Campos aproveitou o erro na saída de bola, avançou pelo meio e deu um biquinho sutil na bola, que desviou no marcador, encobriu o goleiro e dormiu na rede. 1 a 0 Fogão!

Após o gol alvinegro, o futebol se encarregou de mostrar porque um clássico entre Botafogo e Flamengo tem que ser emocionante. Aos 15, a equipe da Gávea marcou em cobrança de falta e deixou tudo igual. Com a partida empatada no tempo regulamentar, a decisão do título foi para a prorrogação e aumentou ainda mais a tensão diante de forte calor.

Os comandados de Alfredo Cintra colocaram a cabeça no lugar e foram em busca do gol do triunfo, que veio ainda no primeiro tempo da prorrogação. Aos 8, Julio Ronald cobrou falta para a área e Hilander, eleito o melhor jogador do campeonato, empurrou com estilo para o gol e marcou o segundo do Gloriosinho.

O Flamengo foi um duro adversário e tentou como pôde, mas a trupe embalada pelo arisco Hilander não deixou a peteca cair e segurou o resultado até o fim. A ansiedade era tanta, que o campo chegou a ser invadido por torcedores e jogadores após uma sinalização estranha do árbitro, que não havia terminado o jogo. Quando apito final enfim soou, atletas, comissão técnica e torcida fizeram uma linda festa que coloriu de preto e branco o gramado de Rio Bonito.

Coroação justa para uma equipe que mostrou desde o primeiro jogo que mesmo com fortes adversários, poderia vencer através de sua obediência tática, talento e união. O Botafogo de Futebol e Regatas e sua torcida pode se orgulhar de ter uma geração que honra o trabalho iniciado pelo presidente Mauricio Assumpção, e que certamente levará a estrela solitária para sempre em seus corações.

Botafogo: Pedro Victor; Lucas Almeida, Gustavo, Norberto e Lucas Agra; Arthur Neves, Julio Ronald, Wanderson Silva e Gabriel Campos; Brunno Natal e Hilander.
Suplentes: Guilherme, Marcio, Leo Santos, Leo Gomes Victor, Jhonathan B., Zanini, Jhonnatan F., Wendel, Pedro Sena, Arthur, Álvaro José, João Pedro, Kayki Alves e Nelson Henrique.
Treinador: Alfredo Cintra

Confira a campanha 100% vitoriosa do Sub-11 do Fogão:

Fase de Grupos
Botafogo 6 x 0 Artsul
Botafogo 4 x 1 Friburguense
Botafogo 1 x 0 Bangu

Quartas de final
Botafogo 2 x 1 Nova Iguaçu

Semifinal
Botafogo 1 x 0 Fluminense

Final
Botafogo 2 x 1 Flamengo

Veja a galeria de fotos do título inédito do Gloriosinho!



Fonte: Site Oficial do Botafogo

Comentários