O Botafogo vai voltar a disputar um campeonato nacional de basquete após 13 anos, quando foi terceiro colocado no Brasileiro-2001. Com uma equipe sub-22, o Glorioso vai disputar a Liga de Desenvolvimento (LDB), maior torneio do país na base e que contará com 24 equipes, começando no dia 5 de agosto. Os pivôs Robert, ex-Flamengo, e Paulão, ex-Fluminense, e os armadares gêmeos Matheus e Lucas, ex-Tijuca, foram contratados e se juntam ao elenco formado principalmente por atletas formados na base do Botafogo. As informações são do site Globoesporte.com.

– Nossa intenção é mostrar o bom trabalho desenvolvido no Botafogo, o único clube atualmente do Rio de Janeiro que participa de todas as categorias de base no masculino e no feminino. Queremos mostrar nosso produto e atrair mais investidores para daqui dois anos realmente estourar na LDB. Os torcedores precisam ter calma, o NBB ainda é um sonho distante para o Botafogo – afirmou Bruno Russo, coordenador do basquete alvinegro, ao Globoesporte.com.

Além do Botafogo, Associação de Basquete de Anápolis (GO), Blumenau (SC), Grêmio Náutico União (RS), Joinville (SC), Círculo Militar (PR), Tittas (PR), Náutico (PE) e Campinas (SP) foram convidados pela LNB para se juntar às equipes que disputam o NBB: Basquete Cearense (CE), Bauru (SP), Brasília (DF), Flamengo (RJ), Franca (SP), Limeira (SP), Macaé (RJ), Minas Tênis Clube (MG), Mogi das Cruzes (SP), Paulistano (SP), Pinheiros (SP), Rio Claro (SP), Sport (PE), Tijuca Tênis Clube (RJ) e Praia Clube (MG).

Fonte: Redação FogãoNET