O Botafogo começou 2019 devendo. Depois de estrear com derrota fora de casa para a Cabofriense, o Glorioso ficou apenas no 0 a 0 com o Bangu nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, em jogo que marcou a estreia de Zé Gatinha com a camisa alvinegra. Com apenas um ponto, o Glorioso já fica em situação complicada para conseguir uma vaga nas semifinais da Taça Guanabara, e terá pela frente o clássico contra o Flamengo, sábado, às 17h, novamente no Niltão.

Se a vitória tão esperada ainda não veio, pelo menos o Botafogo mostrou alguma evolução em relação à pífia atuação da estreia, contra a Cabofriense, e não sofreu gols. Com várias mudanças e um time ainda desfigurado, o Glorioso teve um maior controle do jogo, contando com boas iniciativas de Alex Santana e Luiz Fernando e a vontade do reestreante Erik, mas parando na falta de ritmo e na questão física, preponderante no segundo tempo.

É bem verdade que o Bangu começou assustando logo no começo em lance fortuito, num cruzamento desviado de Kelvin que acertou o travessão. Mas o Botafogo poderia ter ido para o intervalo ganhando: aos 21 minutos, Luiz Fernando recebeu de Erik e saiu na cara do goleiro, mas Jefferson Paulino salvou. Os visitantes voltaram a chegar com perigo aos 31, após saída errada da defesa, mas Gatito defendeu com o pé a finalização de Pingo.

No segundo tempo, o Botafogo sentiu mais o cansaço e viu o Bangu equilibrar as ações. Mas o Fogão teve sua chance de abrir o placar aos 11 minutos, após um chute amortecido pela defesa que Luiz Fernando interceptou e obrigou Jefferson Paulino a defender novamente. A torcida alvinegra, irônica que só ela, começou a pedir a entrada de Alessandro, o Zé Gatinha. E ela aconteceu: aos 19 minutos, ele substituiu Rodrigo Pimpão no momento de maior vibração no estádio em todo o jogo. E nada relevante aconteceu depois disso, infelizmente. No fim, muitas vaias e cobranças.

Próximos jogos

Já em situação complicada para conquistar a classificação para as semifinais da Taça Guanabara, com apenas um ponto no Grupo B, o Botafogo volta a campo no sábado para fazer o clássico contra o Flamengo, às 17h, no Estádio Nilton Santos. Depois, o Fogão recebe o Resende, dia 31, e fecha fora de casa contra o Boavista, dia 3 de fevereiro.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 BANGU

Estádio: Nilton Santos
Data/Hora: 23/01/2019 – 19h15
Árbitro: Rodrigo Carvalhães de Miranda
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Gabriel Conti Viana
Renda e público: R$ 74.466,00 / 2.449 pagantes / 2.905 presentes
Cartões amarelos: Marcelo Benevenuto, Aguirre, Gilson e Gustavo Bochecha (BOT); Josiel (BAN)
Cartões vermelhos: Gilson 47’/2ºT (BOT)
Gols:

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Gabriel, Marcelo Benevenuto e Gilson; Wenderson (Leandro Carvalho 29’/2ºT), Alex Santana (Gustavo Bochecha 17’/2ºT) e Luiz Fernando; Rodrigo Pimpão (Zé Gatinha 19’/2ºT), Erik e Aguirre – Técnico: Zé Ricardo.

BANGU: Jefferson Paulino; Kelvin, Michel, Anderson Penna e Dieyson; Josiel, Serginho (Felipe Adão 27’/2ºT), Marcos Júnior e Robinho (Jairinho 33’/2ºT); Pingo (Yaya Banhoro 14’/2ºT) e Anderson Lessa – Técnico: Alfredo Sampaio.

Fonte: Redação FogãoNET