Alvo do Botafogo desde o início do ano, o atacante William Pottker, da Ponte Preta, voltou à pauta. De acordo com o site Globoesporte, a diretoria alvinegra aceitou pagar parte da dívida de R$ 7 milhões, adquirida na gestão anterior com o grupo de empresários que administra os direitos do atleta para abrir negociação. Resta agora convencer a Ponte, já que Pottker tem contrato até 2019.

Na próxima semana, a diretoria deve intensificar as ações para contar com o atleta, podendo envolver algum nome do elenco em uma possível troca com a Ponte. Aos 22 anos, Pottker foi um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro deste ano, com 14 gols, ao lado de Fred (Atlético-MG) e Diego Souza (Sport).

Uma alternativa a Pottker seria Osvaldo. O atacante, que o Fluminense gostaria de negociar, foi oferecido e a diretoria alvinegra se interessou. O problema é o alto salário, mas o Botafogo já fez contraproposta.

Outro nome especulado é o do colombiano Fernando Caicedo, do Independiente Medellín (COL). Artilheiro da última edição do Campeonato Colombiano, Caicedo é considerado caro e o clube busca diminuir os valores para comprá-lo.

Fonte: O Dia Online