Após vencer o Campinense na primeira rodada da Copa do Brasil, o Botafogo encara o Cuiabá-MT nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Nilton Santos, na segunda rodada da competição. O perfil eliminatório do torneio e o bom desempenho do adversário torna impossível não comparar o duelo com o que ocorreu diante do Defensa y Justicia-ARG, pela Copa Sul-Americana.

Os argentinos eram um dos líderes do nacional e que defendiam uma invencibilidade de 14 jogos. De nada adiantou. O Botafogo não tomou conhecimento do rival e venceu os dois jogos: 1 a 0, no Rio de Janeiro, e 3 a 0, em Buenos Aires.

O duelo desta quarta-feira (27), no entanto, tem alguns pontos bem específicos e que dão à partida um tom dramático. A partida é única e quem vencer avança de fase. Em caso de empate, a vaga será definida nos pênaltis. O Botafogo será o mandante, mas graças a um sorteio realizado na CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Portanto, o Botafogo precisa de uma vitória sobre o Cuiabá e, consequentemente, avançar à terceira fase da Copa do Brasil. Caso isso ocorra, o Alvinegro vai assegurar a premiação de R$ 1,45 milhão válido para quem disputa a próxima fase. A quantia vai aumentando gradativamente e é vista como fundamental para o clube.

Não há um planejamento exato, o Botafogo espera ir o mais longe possível e arrecadar o máximo que puder com premiações. Se chegar às oitavas de finais, o Alvinegro terá recebido pouco mais de R$ 8 milhões da CBF.

O técnico Zé Ricardo está atento ao adversário e fez elogios ao desempenho recente do Cuiabá, que venceu seis dos sete jogos que disputou na temporada. Para o treinador, o Botafogo precisa ter muita atenção para não dar brechas ao rival.

“Vem fazendo boas temporadas, conquistou a vaga para a Série B no ano passado. Tem um treinador, Itamar, que respeito bastante. Tem uma forma de jogar bastante fortalecida, e a performance deles no estadual demonstra que será uma equipe difícil de ser batida. Sistema defensivo forte. Temos que ter foco e atenção”, disse o treinador.

Para a partida, Zé Ricardo ´planeja a volta de vários titulares, poupados contra o Vasco. Além disso, é possível que Cícero faça sua estreia – ele começará no banco de reservas.

“A gente segurou alguns atletas por precaução, estavam desgastados. Devem retornar para o jogo de amanhã, mas algumas coisas do segundo tempo contra o Vasco mostraram outras alternativas. Tenho algumas dúvidas que vou levar para o treino de hoje. Pode ter mudanças, mas manterei a base do time que vem jogando”, afirmou.

“Vem mostrando evolução física boa, está disponível. Vai depender muito do rendimento da partida para vermos se já contamos com ele para a partida. Relacionado ele está”, completou.

BOTAFOGO X CUIABÁ

Data e hora: 27/02/2019, quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília)
Local: Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Christian Passos Sorense e Edson Antônio de Sousa (GO)

Botafogo
Gatito; Marcinho, Marcelo, Gabriel e Jonathan; Jean, Alex Santana, Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando; Erik e Kieza
Técnico: Zé Ricardo

Cuiabá
Victor Souza; Weriton, Danrley, Edson Borges e Danilo; Escobar, Alê, Doda e Eduardo Ramos; Agustín Gutierrez e Caio Dantas
Técnico: Itamar Schülle.

Fonte: UOL