O departamento jurídico do Botafogo promete esgotar todas as possibilidades para ter êxito no caso envolvendo o volante Willian Arão. Devido ao recesso da CBF neste fim de ano, o Botafogo vai entrar em janeiro de 2016 com uma representação na entidade contra o Flamengo sob a acusação de que o rival aliciou o jogador 3 meses antes do término do contrato em novembro de 2015. O clube luta na Justiça do trabalho do Rio de Janeiro para ser ressarcido da multa rescisória de R$ 20 milhões pela saída de Arão para o Rubro-Negro.

Fonte: Super Rádio Tupi