Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Botafogo não recebe notificação da Justiça, e Henrique Almeida pode ser multado

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Ausência na primeira semana da pré-temporada, Henrique Almeida segue com a situação indefinida no Botafogo. O atacante entrou na Justiça do Trabalho para cobrar pendências financeiras, mas, até o momento, o clube não foi notificado. O alvinegro, por sua vez, não procurou o atleta e espera a chegada do documento para avaliar o teor da cobrança.

Se a notificação não chegar a General Severiano na semana que vem, o jogador poderá ser multado pelos dias em que se não apresentou.

Henrique cobra mais de R$ 400 mil, entre 28 meses de FGTS, salários, 13º, férias e luvas. Ele foi aconselhado por seus representantes a tentar a rescisão contratual.

— Estou exercendo um direito meu, de cidadão e trabalhador — afirmou o jogador em nota oficial na terça.

Pouco utilizado no ano passado, o atacante foi emprestado ao Coritiba em julho e contribuiu para a permanência alviverde na Série A ao marcar 12 gols.

A ausência de Henrique revela uma dor de cabeça para o Botafogo neste começo de ano: a falta de atacantes. No elenco, só Neilton, o jovem Luís Henrique e o lesionado Sassá atuam na posição.

Neste sábado, às 15h30, o elenco alvinegro será apresentado a sócios-proprietários e sócios-torcedores na sede de General Severiano. Na segunda, o grupo seguirá para Domingos Martins (ES) para a continuidade da pré-temporada.

Enquanto o trabalho do elenco profissional está apenas começando, a equipe sub-20 já tem um desafio pela frente: às 19h, enfrenta o Mirassol em jogo eliminatório pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em Penápolis (SP).

Notícias relacionadas
Comentários