Apesar de ser inscrito pelo Botafogo na fase de grupos da Copa Libertadores, o jovem zagueiro Emerson ainda tem situação indefinida em relação à permanência em General Severiano. O site Globoesporte.com trouxe detalhes da negociação, e o curioso é que o garoto já deixou de receber um bom dinheiro.

Emerson ainda recebe salário de jogador da base, cerca de R$ 10 mil. O Botafogo ofereceu, em maio do ano passado, salário de R$ 50 mil por mês, com aumento em caso de produtividade quando completasse 30 jogos, o que aconteceu em agosto. Se tivese aceitado, estaria recebendo hoje R$ 100 mil por mês.

Somados aos R$ 440 mil de luvas que receberia naquele acordo, Emerson já deixou de ganhar neste período cerca de R$ 1 milhão.

A nova oferta do Botafogo é um contrato de três anos, com salário de R$ 100 mil no primeiro ano. Emerson pede salário inicial de R$ 200 mil e prêmio pela assinatura de R$ 1 milhão, além de 10% de comissão para o empresário. Veja:

O que quer Emerson?
– Contrato de três anos
– Luvas de R$ 1 milhão na assinatura
– Salário de R$ 200 mil em 2017
– Salário de R$ 220 mil em 2018
– Salário de R$ 250 mil em 2019
– 10% de comissão para o empresário
– Bônus de 500 mil Euros (cerca de R$ 1,7 milhão)
– Manutenção de 25% dos direitos federativos

O que oferece o Botafogo?
– Contrato de três anos
– Salário de R$ 100 mil em 2017
– Salário de R$ 130 mil quando completar 30 jogos
– Salário de R$ 160 mil quando completar 60 jogos

Fonte: Globoesporte.com