O pulso alvinegro ainda pulsa. O Botafogo venceu a Portuguesa por 4 a 1 na noite desta quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, e manteve viva as chances de avançar no Campeonato Carioca. O Fogão agora precisa vencer o Americano, domingo, em Saquarema, torcer por um tropeço da Cabofriense contra o Madureira e por uma derrota do Flamengo no Fla-Flu, além de tirar uma diferença de quatro gols de saldo para os rubro-negros.

Logo no começo, após ótima triangulação, o Botafogo teve a chance de abrir o placar, mas Diego Souza chutou em cima do goleiro. Apesar de precisar golear, o Glorioso não conseguia criar muito. E a Portuguesa se assanhou: aos 27, Diguinho cobrou falta no travessão e quase fez valer a Lei do Ex. Depois, o árbitro marcou um pênalti para os visitantes (inexistente), e voltou atrás após auxílio do auxiliar de linha de fundo. Só lambança. E vaias ao fim do primeiro tempo.

No segundo tempo, a partida ficou bem mais movimentada. Num lance de sorte, Marcinho acertou a trave e Diego Souza completou no rebote, fazendo o primeiro dele com a camisa alvinegra, aos oito. Três minutos depois, Gustavo Ferrareis recebeu lançamento de Cícero e ampliou. Porém, no lance seguinte, Nilson diminuiu e recolocou a Portuguesa no jogo.

Mas a partida voltou a ficar controlada com um golaço de canhota de Alex Santana, aos 21. E o Botafogo precisava fazer saldo… O quarto gol custou a sair, mas chegou aos 38: Rodrigo Pimpão foi na jogada individual, jogou na área e Marcão fez contra. E parou por aí. Ainda é possível o sonho do bicampeonato!

Próximos jogos

O Botafogo se despede da fase classificatória da Taça Rio do Campeonato Carioca enfrentando o Americano, domingo, às 16h, no Estádio Eucyr Resende de Mendonça, em Bacaxá. Se conseguir a vaga, as semifinais já começam no meio da próxima semana. Os jogos contra o Juventude, pela Copa do Brasil, serão apenas nos dias 4 e 11 de abril.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 4 X 1 PORTUGUESA

Estádio: Nilton Santos
Data-Hora: 21/03/2019 – 21h30
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Thiago Varela dos Santos (RJ)
Renda e público: R$ 18.897,00 / 1.012 pagantes / 1.403 presentes
Cartões amarelos: Marcinho e Luiz Fernando (BOT); Marcão, Emerson, Diego Maia, Muniz e Diguinho (POR)
Cartões vermelhos:
Gols: Diego Souza 8’/2°T (1-0), Gustavo Ferrareis 11’/2°T (2-0), Nilson 12’/2°T (2-1), Alex Santana 21’/2°T (3-1) e Marcão (contra) 38’/2°T (4-1)

BOTAFOGO: Diego Cavalieri; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Jonathan; Alex Santana, Cícero (Wenderson 18’/2°T) e Gustavo Ferrareis (João Paulo 29’/2°T); Erik (Luiz Fernando 19’/2°T), Diego Souza e Rodrigo Pimpão – Técnico: Zé Ricardo.

PORTUGUESA: Edson; Filippe Formiga, Marcão, Emerson e Diego Maia; Diego Guerra, João Cleriston, Muniz (Romarinho 32’/2°T) e Diguinho (Tiago Amaral 36’/2°T); Everton Sena (Douglas Eskilo 25’/2°T) e Nilson – Técnico: Aílton Ferraz.

Fonte: Redação FogãoNET