Com direito a gol de pênalti aos 48 minutos do segundo tempo, o Botafogo derrotou o Resende de virada por 2 a 1 nesta quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, e manteve-se vivo na Taça Guanabara do Campeonato Carioca. O Glorioso foi a seis pontos e encostou nos líderes do Grupo A, Flamengo e Boavista, que tem sete, faltando duas rodadas (e dois clássicos) para o término da fase classificatória.

Precisando da vitória, o Botafogo demorou a encontrar seu futebol e pouco produziu no primeiro tempo. No talento individual, o Resende conseguiu sair na frente: Geovani fez a jogada e chutou forte, superando Gatito e fazendo 1 a 0 para os visitantes, aos 25 minutos.

Por conta do temporal que caiu na cidade, com muitos raios e trovoadas e dificultando até mesmo a visibilidade, a partida teve de ser interrompida e ficou paralisada por longos 43 minutos. A parada esfriou ainda mais o jogo e o gramado pesado impediu maiores emoções.

No segundo tempo, o Botafogo apresentou uma postura mais ofensiva e conseguiu o empate aos 9 minutos: Fernando achou Luiz Fernando na direita, ele cruzou e Bruno Nazário girou e chutou de biquinho no cantinho: 1 a 1. A virada quase veio aos 18, após jogada de Guilherme Santos e pivô de Pedro Raul, que obrigou o goleiro Ranule a defender no cantinho.

Depois da parada técnica, o jogo ficou mais aberto e o Resende também teve sua chance: Gatito fez uma defesaça em chute de Caio Cezar. Nos acréscimos, veio a salvação: o árbitro marcou mão do volante Resende dentro da área. Pedro Raul bateu o pênalti e decretou o triunfo botafoguense por 2 a 1.

Próximos jogos do Botafogo

Faltam agora duas rodadas para o fim da primeira fase da Taça Guanabara, e o Botafogo terá dois clássicos pela frente: domingo, diante do Vasco, às 16h, no Estádio Nilton Santos; e no domingo seguinte, dia 9, contra o Fluminense, no Maracanã. Entre eles, o Fogão terá a estreia na Copa do Brasil contra o Caxias (RS), fora de casa, no dia 5.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 RESENDE

Estádio: Nilton Santos
Data-Hora: 30/01/2020 – 19h15
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Andréa Izaura Marcelino de Sá (RJ) e Thiago Rosa Esposito (RJ)
Renda e público: R$ 73.317,00 / 4.244 pagantes / 5.225 presentes
Cartões amarelos: Alef Manga, Eduardo Grasson e Resende (RES)
Cartões vermelhos:
Gols: Geovani 25’/1°T (0-1), Bruno Nazário 9’/2°T (1-1) e Pedro Raul 48’/2ºT (2-1)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Carli e Guilherme Santos; Cícero, Thiaguinho (Rafael Navarro 35’/2ºT) e Bruno Nazário; Luiz Fernando, Pedro Raul e Luis Henrique (Rhuan 28’/2°T) – Técnico: Alberto Valentim.

RESENDE: Ranule; Kevyn, Eduardo Grasson, Murilo Henrique e Dieguinho; Resende, Vitinho e Geovani (Wescley 13’/2°T); Zizu (Rhayne – Intervalo), Caio Cezar e Alef Manga (Thauan 21’/2°T) – Técnico: Edson Souza.

Fonte: Redação FogãoNET