O Botafogo enfrenta a Chapecoense nesta quinta-feira (15), às 17h (de Brasília), na Arena Condá. O Alvinegro vai atrás de um feito inédito na temporada e que praticamente garantirá a permanência na elite do futebol brasileiro em 2019. Trata-se de emplacar três vitórias consecutivas, algo que o time não conseguiu até mesmo na campanha do título Estadual.

Se vencer fora de casa, o time do técnico Zé Ricardo chegará aos 44 pontos, número considerado “mágico” nos bastidores. Desta forma, teria razoável tranquilidade para os compromissos finais contra Internacional (casa), Santos (fora), Paraná (casa) e Atlético-MG (fora).

Atualmente, o Botafogo tem apenas 4% de chance de ser rebaixado. Historicamente, 46 pontos é o necessário para escapar da degola. Porém, bater um adversário direto deixará a possibilidade de queda praticamente nula. Por isso, a importância do triunfo inédito.

Nas duas últimas rodadas, o Botafogo venceu Corinthians e Flamengo em sequência. Os dois triunfos seguidos, no entanto, vieram depois de meses de jejum.
Zé Ricardo e jogadores querem aproveitar o bom momento para, enfim, respirar aliviados. É só o que falta para o Botafogo pensar em 2019.

CHAPECOENSE X BOTAFOGO

Data/hora: 15/11/2018, às 17h (de Brasília)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Chapecoense
Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Canteros; Wellington Paulista, Doffo (Bruno Silva) e Leandro Pereira
Técnico: Claudinei Oliveira

Botafogo
Gatito; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Moisés; Dudu Cearense, Matheus Fernandes e Leo Valencia; Erik, Luiz Fernando e Brenner
Técnico: Zé Ricardo

Fonte: UOL