De um lado, Carlos Augusto Montenegro. Do outro, os irmãos Moreira Salles. O que ambos têm em comum? Além de botafoguenses, ajudam o clube financeiramente em diversas ocasiões. Em entrevista ao site “Globoesporte.com”, o ex-presidente falou sobre os irmãos Moreira Salles, revelou gratidão e fez um pedido.

Os Moreira Salles contrataram o estudo da Ernst & Young que indicou a criação da SPE (Sociedade com Propósito Específico) que transformará o futebol do clube em empresa e o separará das demais áreas. Não há certeza se os irmãos serão investidores no projeto. Mas Montenegro quer a atenção deles em outra área: o novo CT do Botafogo, no Espaço Lonier.

– Alguns falam que vão entrar, contratar ídolo, ser campeão… Então faz, qual a mágica? Reparamos agora que tinha que começar do zero. Houve uma ajuda dos irmãos Moreira Salles, sou muito grato a eles. Todo botafoguense deveria ser. Eles ajudaram de todas as formas. Se eles terminarem o CT já seria o maior presente do mundo. Eles viraram alvo de uma ansiedade/esperança da torcida, achando que eles fariam milagre, transformar tudo em ouro – afirmou Montenegro ao site “Globoesporte.com”.

– Foi uma iniciativa do João e do Walter que se propuseram a ajudar e já ajudaram muito. Entregaram o estudo, com o qual vamos tentar separar o futebol do resto do clube criando uma empresa específica para isso, que pagaria royalties ao Botafogo para ir quitando a dívida ao longo do tempo. E basta isso. Se eles puderem entrar no futuro, ou não, não tem importância. Já fizeram muito. O importante agora é procurarmos possíveis investidores, o mercado está propício – disse Montenegro.

O ex-presidente fez um apelo aos irmãos sobre o CT e explicou o andamento da construção. Leia abaixo:

Apelo

– Eles estão torcendo pelo projeto que eles pagaram. Se através de vocês eu puder pedir alguma coisa aos irmãos Moreira Salles, peço de uma forma sincera e até emocionada que eles, pelo amor de Deus, terminem o mais breve possível o centro de treinamento do Botafogo.

Obras do CT

– O formato inicial era o seguinte: João e Walter (Moreira Salles) comprariam o espaço. Compraram. Demorou um tempo, porque eles queriam tudo legalizado. Depois fariam uma obra onde entrariam com uma parte do dinheiro, e o Botafogo entraria com outra. Existiu aquela tragédia no Ninho do Urubu, eles ficaram preocupados com isso e ao mesmo tempo desconfortáveis com essa pressão toda em cima deles pelo projeto do clube-empresa. Então eles recuaram.

Alternativa

– Nesse novo formato, eles já sentiram que o Botafogo não tem um centavo para fazer nada. Então estão se predispondo a entrar e fazer tudo. Até por decisão do João, foi o que me falaram, fazer uma coisa mais moderna e eficaz para não ter nenhum problema. Eles cuidariam da administração, e o Botafogo, da parte esportiva. Ficaria tudo no nome deles, e eles passariam tudo ao Botafogo no dia em que achassem interessante. Como viajei, não me atualizei disso. Mas depois saberei qual será o ritmo e o que pretendem fazer para terminar isso. Sei que vai ter que mudar um pouco o que foi vendido no Conselho.

Investidores

– Muitos torcedores acham que os irmãos Moreira Salles vão assumir, ligar para o Messi, e montar um timaço logo de cara… Nem eu quero isso como doação, porque não vai resolver nosso problema. Eles podem até entrar depois no fundo se quiserem como cotistas. Mas o que eles já fizeram pelo Botafogo, o que emprestaram de dinheiro, o que doaram, e principalmente com o CT, já está bom demais. João e Walter foram fantásticos. Se eles entenderem que é interessante para eles mais adiante, claro que serão bem-vindos. Mas não podemos fazer nada baseado em pessoas.

Fonte: Globoesporte.com