A vida financeira do Botafogo está longe de ser um mar de rosas. Porém, o clube havia mostrado bons resultados nos últimos anos e vivia com pouco, mas com tranquilidade. O problema é que o clube assinou novo contrato com a Globo e a emissora colocou em prática uma nova forma de pagamento.

Antes, o Botafogo recebia o valor total da Globo em 12 parcelas iguais. Agora, porém, a quantia foi dividida em três grupos. Um deles é sobre a audiência e será paga em seis parcelas a partir de junho. Outra é com relação ao posicionamento do clube no Brasileiro, o que só poderá ser pago em dezembro, em cota única.

O restante do dinheiro ainda é parcelado em 12 parcelas, mas o valor é bem inferior ao que ocorria nos últimos anos. Como o Botafogo antecipou dinheiro, viu a quantia ser reduzida ainda mais. A verdade é que o Alvinegro não recebeu nada da Globo porque o valor é igual ao que já deve à emissora.

Os salários atrasados geram uma insatisfação geral dentro do clube. Evidentemente, os mais atingidos são os próprios atletas, que veem seus direitos não serem cumpridos. O técnico Zé Ricardo é outro que está irritado. Salário em dia foi uma exigência para ele assinar e renovar.

Em consequência disso, os jogadores decidiram fazer uma greve e não se concentraram antes do empate com o Juventude. Por mais que entendam, membros da diretoria não gostaram nem um pouco da medida.

O clube, portanto, espera ansiosamente pela chegada de junho, quando passará a entrar um novo dinheiro da Globo. Esse pagamento é fundamental para que os salários sejam pagos. O problema é que ainda faltam dois meses para chegar esse momento, e o Alvinegro já deve fevereiro e março.

Até o momento, o Botafogo usou verba da venda de atletas para pagar salários da reta final do ano passado e do início deste. Matheus Fernandes, Igor Rabello e Leandro Carvalho já foram vendidos e o dinheiro que cabia ao Botafogo utilizado para pagar salários.

Os jogadores já foram vendidos, e o Botafogo precisa de novas receitas para pagar salários dos atletas. A diretoria corre atrás de patrocinadores, mas o mercado está difícil e ainda não há nenhum acordo próximo de ser fechado.

Apesar disso, o Botafogo se mostra otimista e pretende pagar parte dos salários na próxima semana. Na quinta-feira, o clube faz importante jogo na temporada, quando jogará a vida na Copa do Brasil, em Caxias do Sul. No jogo de ida, o Alvinegro só empatou com o Juventude, no Nilton Santos.

Fonte: UOL