Sob novo comando técnico, o Botafogo espera crescer no segundo semestre. O primeiro passo para isso é vencer o Corinthians nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians, em São Paulo, no primeiro compromisso da equipe carioca no retorno do Campeonato Brasileiro após a Copa do Mundo da Rússia.

No momento, antes da 13.ª rodada da competição nacional, o Botafogo é nono colocado, com 17 pontos. O time alvinegro oscilou bons e maus momentos no primeiro semestre sob o comando de Alberto Valentim, que deixou o clube rumo ao futebol do Egito. Marcos Paquetá chegou e vive ansiedade do seu primeiro jogo pelo time após três semanas de treinamentos.

O Botafogo é um dos times que mais costuma mudar a escalação, seja por lesão, suspensão ou opção técnica. Apenas três jogadores participaram das 12 partidas disputadas até aqui no Brasileirão: o zagueiro Igor Rabello, o volante Rodrigo Lindoso e o atacante Kieza. Somente os dois primeiros como titulares em todas.

Marcos Paquetá não confirmou a escalação. Ele fechou os últimos treinamentos para a imprensa, mas indicou que mudará poucas peças a fim de preservar a estrutura deixada por Alberto Valentim. “Vamos tentar manter o padrão. Com uma parada, cada jogador volta de uma maneira. Os jogadores que vão começar o jogo estão mais equilibrados. A gente vai estar sempre observando durante a semana. Não temos muito tempo e precisamos trabalhar para cada jogo”, afirmou.

O lateral-esquerdo Moisés e o volante Jean, este que não era titular, não podem jogar pois pertencem ao Corinthians. Gilson entra na lateral e no meio de campo é provável que Marcos Paquetá desmonte o trio de volantes, o qual Alberto Valentim costumava escalar, e deixe Rodrigo Lindoso e Marcelo no setor, o que faria Matheus Fernandes perder a vaga.

Leo Valencia e Luiz Ricardo são os mais cotados para jogar no meio de campo. Na frente, Rodrigo Pimpão, recuperado de entorse no tornozelo, deve formar dupla com Kieza.

CORINTHIANS X BOTAFOGO

Data e hora: 18/07/2018, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Auxiliares: Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes (SC)

Corinthians
Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Renê Júnior; Romero, Rodriguinho e Mateus Vital; Roger.
Técnico: Osmar Loss

Botafogo
Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Rabello e Gilson; Lindoso, Matheus Fernandes (Marcelo), Léo Valência e Luiz Fernando; Aguirre e Kieza
Técnico: Marcos Paquetá

Fonte: Terra (texto) e UOL (ficha)