Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

DESFALCADO, BOTAFOGO LUTA MAS É DERROTADO PELO SÃO PAULO EM BRASÍLIA

0 comentários

Compartilhe

Botafogo perdeu a primeira com mando de campo neste Brasileirão (FOTO: Lancenet!)Botafogo perdeu a primeira com mando de campo neste Brasileirão (FOTO: Lancenet!)

Em grave crise financeira, o Botafogo negociou a ida da partida para o Mané Garrincha. E pagou caro por isso. O que aconteceu na prática foi uma inversão do mando, já que o São Paulo tinha 70% dos torcedores. O alvinegro, que vinha de derrota para o Atlético-MG, entrou campo como segundo melhor mandante do Brasileiro, segundo pior visitante. E confirmou a estatística ao perder por 4 a 2. Com o resultado, o clube passa a fazer as contas de prejuízo em caso de rebaixamento. O Z-4 está agora só a dois pontos de distância.

Além de jogar como visitante “em casa”, o Botafogo tinha 16 desfalques, como Jefferson, Edílson, Bolatti e Ramírez. Emerson foi o desfalque de última hora. Ele viajou para Brasília na véspera, mas teve uma amigdalite, voltou ao Rio e foi internado à tarde em uma clínica na Zona Sul.

Com mais de meio time fora, Vágner Mancini foi obrigado a improvisar um volante na lateral direita, primeiro Rodrigo Souto e, depois, Gabriel; um lateral esquerdo, Júlio César, no meio-campo, e um atacante, Zeballos, também na armação. Como era de se esperar, a fragilidade foi muito aproveitada pela equipe de Muricy.

Logo aos sete minutos, Michel Bastos fez jogada pela esquerda e passou com extrema facilidade pelo improvisado Rodrigo Souto. Já na área, ele tocou para o meio, onde encontrou Alan Kardec, que abriu o placar. Não satisfeito em errar na defesa, seis minutos depois, o mesmo Rodrigo Souto ficou sem marcação na área após cruzamento, mas mostrou que não tem faro de gol e chutou por cima do gol.

WALLYSON PERDE DOIS GOLS

Se é verdade que a equipe estava perdida em campo, sobrava vontade. Até Wallyson, normalmente sonolento, correu como nunca. E foi numa cobrança de escanteio do atacante que Zeballos cabeceou e aproveitou o rebote dado por Ceni para chutar e empatar a partida. Quatro minutos depois, novo escanteio de Wallyson e André Bahia aproveitou falha da zaga para virar.

O Botafogo jogava em seu limite, vencia e contrariava a lógica, mas continuava exposto. Novamente pela esquerda, Michel Bastos fez jogada com Pato, que chutou para o gol. Andrey espalmou mal. nos pés de Souza, que chutou para o gol vazio. O volante fez seu segundo gol quatro minutos depois, em mais uma jogada que começou pela esquerda, lado em que as improvisações de Mancini não deram certo.

Apesar das dificuldades, o alvinegro teve chances claras, mas Wallyson as desperdiçou. Uma delas aos 45 e outra no primeiro minuto da segunda etapa. Aos três minutos, Aírton, que havia levado amarelo por empurrar Pato, terminou o serviço. Ele pisou na cabeça do adversário na frente do juiz e foi corretamente expulso. Repetiu assim o problema que o time teve contra o Atlético-MG, quando jogou com menos um desde o começou do segundo tempo.

Com torcida, resultado e até número de jogadores em campo a seu favor, o São Paulo controlou o jogo a ponto de Muricy reclamar do excesso de posse de bola.

O Botafogo limitava-se a defender, mas nem isso fazia bem. Aos 35, Gabriel perdeu bola e Osvaldo foi lançado em contra-ataque. Pato acompanhou e recebeu para finalizar no gol vazio. No fim, além da derrota, o alvinegro saiu aos gritos de olé dos “visitantes.

BOTAFOGO 2 X 4 SÃO PAULO

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília

Árbitro: Marielson Alves Silva – (BA)

Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (FIFA/BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

Público/Renda: 24.857 / R$ R$ 1.975.740,00

Cartões amarelos: Souza e Pato (SPO); Sidney (BOT)

Cartão vermelho: Airton

Gols: Kardec – 7’/1°T (0-1); Zeballos – 19’/1°T (1-1); André Bahia – 22’/1°T (2-1); Souza – 32’/1°T e 39’/1°T (2-3); Pato – 36’/2°T (2-4)

BOTAFOGO: Andrey, Gabriel, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar (Sidney, aos 14’/2°T); Airton, Rodrigo Souto, Julio Cesar, Zeballos (Gegê, 30’/2°T) e Wallyson; Ferreyra (Yuri Mamute, aso 14’/2°T) aos . Téc: Vagner Mancini.

SÃO PAULO: Rogério Ceni: Auro, Toloi, Edson Silva e Michel Bastos; Denilson (Hudson, 39’/2°T), Souza (Maicon, aos 36’/2°T), Kaká (Osvaldo, aos 22’/2°T) e Ganso: Pato e Kardec. Téc: Muricy Ramalho.

Comentários