Já são cinco jogos sem vencer. Pior, o time sequer balançou as redes em quatro desses duelos. A fase do Botafogo, de fato, não é nada boa e ainda terá pela frente um duro adversário: o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília) no Independência, na partida de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

‘Esse jogo vai virar, eu quero ser o vencedor!’
⬇ Não perca Atlético-MG x Botafogo! ⬇
Acredite na virada AO VIVO e DE GRAÇAComo assistir Atlético-MG x Botafogo ao vivo pela Copa Sul-Americana

A missão já seria difícil e fica ainda mais complicada quando se lembra que os mineiros não tomaram conhecimento e venceram por 1 a 0 no Nilton Santos, no Rio de Janeiro, no confronto de ida. O Atlético-MG, então, poderá até mesmo empatar em Belo Horizonte que ficará com a vaga nas quartas de finais.

Além disso, o Botafogo conta apenas com Marcelo para a zaga. Carli foi expulso e Gabriel, que pertence ao Galo, são desfalques. Além disso, o clube vendeu Glauber, outro zagueiro inscrito. Assim, o técnico Eduardo Barroca deverá optar por Cícero na defesa. Jean e Alan Santos correm por fora.

“Sabemos que vamos precisar improvisar algum jogador, mas temos nomes no elenco que podem fazer essa função e estamos tranquilos quanto a isso. Jean tem feito bons treinos com a gente na zaga. Não é um fator que preocupa, tem o Alan (Santos) que também já jogou de zagueiro e treina assim às vezes. Estamos bem servidos. Marcelo já provou seu valor, tinha sentido um incômodo, mas agora está 100%. Será essencial para a gente”, disse João Paulo.

“Temos que buscar o equilíbrio. Não pensamos muito se vamos fazer cinco ou levar quatro gols. O que mais queremos agora é voltar a vencer. Vencendo em Belo Horizonte pelo menos levamos a decisão da vaga para os pênaltis. Se for por mais de um gol, já garante a classificação. Temos muita consciência do que temos que fazer. Não vai ser fácil como não foi fácil o jogo no Rio. Mas da mesma maneira que eles venceram aqui, também podemos vencer lá”, completou o volante.

A vitória do Botafogo viria bem a calhar. Além de deixar o time classificado, manteria um tabu de 25 anos – a última eliminação dos cariocas para os mineiros em competições eliminatórias ocorreu no Campeonato Brasileiro de 1994. Desde então o clube de General Severiano levou a melhor em seis oportunidades – quatro Copas do Brasil e duas Copa Sul-Americanas.

ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO

Data e hora: 31/07/2019, às 21h30 (horário de Brasília)
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Wilton Sampaio (BRA)
VAR: Leodan González (URU)

Atlético-MG
Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair, Elias, Vinicius e Rómulo Otero; Chará e Ricardo Oliveira
Técnico: Rodrigo Santana

Botafogo
Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Cícero e Gilson; Bochecha, João Paulo e Alex Santana; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Diego Souza
Técnico: Eduardo Barroca

Fonte: UOL