Artilheiro do Botafogo no ano, nas graças da torcida e eficiente, Erik reedita em 2019 o bom futebol da última temporada. O atacante é uma das principais armas da equipe comandada por Eduardo Barroca. Mas não poderia não ser.

Em janeiro, Erik se reapresentou ao Palmeiras, a pedido do técnico Luiz Felipe Scolari. A volta ao Botafogo virou uma incógnita, até que foi confirmada, em negociação que atendeu o desejo do próprio jogador.

Erik será desfalque contra o Palmeiras, no dia 25 em Brasília, então mira os confrontos contra Goiás e Sol de América (PAR). Esse último ele aguarda com muita expectativa.

– Passei o dia inteiro perguntando sobre o sorteio, porque é uma competição especial para mim, já fiz 8 ou 9 gols. Nos últimos anos os brasileiros não tinham valorizado tanto, o que mudou com o título do Atlhetico Paranaense. Traz visibilidade e revela talentos. Fiquei ansioso, vamos enfrentar uma grande equipe do Paraguai e estamos preparados – afirmou Erik, que vê o Botafogo no caminho certo.

– O futebol brasileiro olha muito o resultado imediato. Não fomos competentes no Estadual. Me cobrei bastante, o grupo se cobrou. Mas nas copas fizemos coisas bonitas. Começamos o Brasileiro com novo treinador, nova mentalidade, extremamente competitivo. Crescemos jogo a jogo. Contra o São Paulo tivemos posse de bola e não efetividade, que tivemos depois contra Bahia, Fortaleza e Fluminense. Estamos ganhando corpo, acredito que podemos chegar muito longe no Brasileiro e na Sul-Americana – projetou em participação no programa “Os Donos da Bola”, da TV Bandeirantes.

Fonte: Redação FogãoNET e Os Donos da Bola (Bandeirantes)