Depois de não atuar pelo Botafogo em 2019, Ezequiel pode ficar longe da Estrela Solitária novamente em 2020. O Sanfrecce Hiroshima, da primeira divisão japonesa, fez uma proposta para ter o atacante em definitivo. O atleta de 21 anos, portanto, pode nem se reapresentar à pré-temporada do clube de General Severiano, marcada para o dia 12 de janeiro.

Anteriormente, o Botafogo havia recebido duas propostas de clubes do Brasil que tinham o interesse de contratar Ezequiel por empréstimo, o que foi prontamente recusado. A cúpula alvinegra não possui interesse em ceder o jogador, apenas negociá-lo em definitivo. Por isto, a proposta vinda da Ásia foi estudada e já respondida com algumas exigências.

As partes, agora, conversam. O Athletico Paranaense, um dos clubes que havia mostrado interesse em Ezequiel por empréstimo anteriormente, monitora a situação e pode, por conta da ação do Sanfrecce Hiroshima, fazer uma nova investida pelo jogador. Ao Botafogo, basta alcançar um valor interessante financeiramente, já que o fluxo de caixa está debilitado nesse fim de 2019.

Ezequiel atuou no Sport no primeiro semestre de 2019 e, após se destacar no Pernambucano e na Série B, se transferiu ao Cruzeiro. Na Raposa, teve um considerável aumento de salário, o que fez o Botafogo enxergar a venda em definitivo como uma das melhores alternativas. Vale ressaltar que Ezequiel, prestes a completar 22 anos, é um dos principais ativos do clube.

As chances do atacante vestirem a camisa do Botafogo em 2020, por todo o contexto que o cerca, são mínimas. Atualmente, o empresário do atacante está fora do país, mas, quando retornar ao Brasil, sentará com o atleta para resolver a situação do futuro.

Fonte: Terra