A Libertadores faz diferença para os cofres dos clubes? Sim, e o Botafogo provavelmente é um dos maiores exemplos.

Nesta terça-feira, a equipe carioca fará a sua estreia na fase de grupos da competição continental contra o Estudiantes-ARG, às 21h (horário de Brasília). O estádio Nilton Santos estará novamente lotado: mais de 25 mil ingressos já foram vendidos.

E é o interesse das arquibancadas que mostra como a Libertadores faz a diferença. Quando o público pagante e a renda forem divulgados, o Botafogo fatalmente terá conseguido mais receita nos jogos pelo torneio do que como mandante no Brasileirão de 2016.

Na partida contra o Colo-Colo, foram 34.424 pagantes, com renda de R$ 1,898 milhão. Na terceira fase, o duelo com o Olímpia atraiu 28.601 pagantes e rendeu R$ 1,39 milhão de renda. No total, o clube conseguiu arrecadar quase R$ 3,3 milhões.

No Brasileirão de 2016, os 19 jogos que a equipe fez como mandante atraíram 143.413 pagantes e geraram R$ 3,97 milhões de renda bruta. Em outras palavras: com apenas duas partidas da Libertadores o clube já tem 82% do que ganhou na Série A da última temporada.

Como o Nilton Santos estará cheio novamente, é provável que o Botafogo arrecade algo entre R$ 1,5 milhão e R$ 2 milhões no jogo contra os Estudiantes-ARG.

Nesta comparação, é importante ressaltar que o Botafogo não atuou no Nilton Santos no último Brasileirão. Sem ele, o time foi itinerante nos primeiros meses do campeonato, quando chegou a atuar em Volta Redonda, Juiz de Fora e Brasília. Depois, o estádio Luso-Brasileiro virou a casa da equipe.

Para esta partida, o Botafogo – que está no grupo 1 –  tem um desfalque certo: o lateral direito Jonas sofreu um entorse no joelho e vai precisar fazer uma cirurgia. No entanto, Jair Ventura não quis adiantar quem será seu substituto. A tendência é a de que o zagueiro Marcelo seja improvisado no setor, assim como fez contra o Olímpia-PAR.

Pelo lado do Estudiantes, a atenção será toda no meia Verón. O jogador, que não atuava há três anos, voltou a ativa para a disputa da Libertadores.

Na única partida oficial desta temporada, na última semana, o Estudiantes foi derrotado pelo Veléz-ARG, na abertura do Campeonato Argentino.

Os outros integrantes da chave, Barcelona-EQU e Atlético Nacional-COL, se enfrentam às 21h45.

BOTAFOGO X ESTUDIANTES-ARG

Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14 de março de 2017, terça-feira
Hora: 21h (de Brasília)
Árbitro: Jonathan Fuentes (Uruguai)
Assistentes: Nicolas Taran e Richard Trinidad (ambos do Uruguai)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcelo, Joel Carli, Emerson Santos e Victor Luís; Airton, Bruno Silva, Camilo e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico: Jair Ventura

ESTUDIANTES: Andújar, Sánchez, Schunke, Desábato e Dubarbier; Solari, Ascacibar, Damonte e Rodríguez; Otero e Viatri
Técnico: Nelson Vivas

Fonte: ESPN.com.br