Força da torcida faz diretoria analisar jogos no Nordeste

Compartilhe:

A presença da torcida do Botafogo no Batistão, em Aracaju, impressionou os jogadores e pode fazer o clube voltar ao Nordeste como mandante no Campeonato Brasileiro. A derrota por 2 a 1 para o Bahia, que tinha o mando de campo nesse jogo, acabou frustrando quem foi ao estádio acompanhar seus ídolos, principalmente Seedorf. O clube não atuava em Sergipe desde fevereiro de 2011, quando também perdeu por 1 a 0 para o River Plate-SE, em jogo válido pela Copa do Brasil.

Na divisão da modesta arquibancada do Batistão com os torcedores do Bahia, a maioria era de botafoguenses, que saíram do interior do Sergipe, cidades de outros estados do Nordeste próximas a Aracaju e do Rio de Janeiro. Seedorf ficou satisfeito com o apoio.

– Quero agradecer muito pelo apoio. Claramente, a gente queria outro resultado, mas obrigado pela força – disse Seedorf.

No último jogo do Batistão, Bahia venceu Botafogo de virada (Foto: Filippe Araújo / FSF)
Torcida do Botafogo ocupou maior parte do estádio do Batistão (Foto: Filippe Araújo / FSF)

O Botafogo ainda procura alternativas para atuar como mandante no Campeonato Brasileiro. O Engenhão, interditado por problemas estruturais, ainda é uma incógnita e não se sabe como o Maracanã será tratado depois da Copa das Confederações. Opções estão sendo estudadas e Brasília aparece como favorita.

No entanto, a presença dos torcedores em Sergipe pode fazer a diretoria direcionar sua busca por uma nova casa para o Nordeste. Principalmente em Salvador, capital nordestina mais próxima do Rio de Janeiro.

O estudo do clube será feito durante a paralisação do Campeonato Brasileiro, que para o Botafogo já acontece depois do confronto com a Ponte Preta, sábado, em Campinas. Na volta da competição, o primeiro jogo do Botafogo será contra o Fluminense, no dia 7 de julho. Antes, pela Copa do Brasil, o time pode atuar no dia 3 de julho, contra o Figueirense.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários