MP instaura inquérito para investigar situação do Engenhão

Compartilhe:

O Ministério Público do Rio de Janeiro vai mesmo fundo na investigação sobre a situação do Engenhão, que está interditado desde o dia 26 de março pela Prefeitura do Rio. A promotora Gláucia Santana decidiu instaurar inquérito para apurar o caso depois de receber uma série de reclamações e denúncias pela ouvidoria do órgão.

O processo ainda está no início. A Promotoria de Tutela Coletiva de Cidadania vai apurar as causas da interdição, assim como supostas irregularidades no processo de construção. Foram requisitados documentos do processo de contratação, laudos de vistorias, entre outros. Depois disso, será avaliada a necessidade de tomada de depoimentos.

O prefeito Eduardo Paes foi notificado para enviar toda a documentação referente ao contrato celebrado com os consórcios e os relatórios que determinaram a interdição. Enquanto isso, a expectativa é de que as obras para reforma da cobertura do estádio comece na segunda-feira pelos consórcios responsáveis pela construção. O canteiro de obras já está preparado.

As obras serão acompanhadas por uma comissão especial instaurada pela Prefeitura do Rio e formada por quatro engenheiros, entre eles Chico Fonseca, vice-presidente de futebol do Botafogo. Apesar do início das intervenção, o clube espera voltar a utilizar o local para treinamentos.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários