O presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, esteve presente na cerimônia de posse do novo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Cabloco. Em entrevista, o dirigente alvinegro comentou sobre a concessão do Maracanã e afirmou que se precisar jogar no estádio, não vê problemas, mas que tudo tem que ser esclarecido.

“O Botafogo pode querer jogar dois jogos e vai pagar pelos dois jogos. Agora, a administração nós temos que definir. A gente tem que conhecer efetivamente a proposta que foi apresentada pelo Flamengo e pelo Fluminense, eu não conheço. Então não tenho como te dizer se é boa ou ruim. Mas o Botafogo tem um estádio, onde joga o seus jogos, e vai continuar jogando. Agora pode utilizar do Maracanã, dentro daquilo que estiver, se estiver isso na proposta”, disse o presidente.

Nelson deixou claro que o Botafogo vai continuar mandando seus jogos no Nilton Santos e que só irá ao Maracanã como mandante em casos extremos, como um show em seu estádio.

“Eu não vejo limitação. Eu tenho que ver o meu lado. Nós jogamos a maior parte das nossas partidas no Nilton Santos. Quando não formos mandante, jogaremos no Maracanã. Agora, pode ter um show, uma oportunidade, que a gente queira jogar no Maracanã”, ressaltou Nelson Mufarrej.

O presidente do Botafogo também esclareceu que os times cariocas precisam ser mais unidos.

“Não tem como excluir o Nilton Santos. Nós não podemos deixar de lado nossas interações entre os clubes. Você vê aqui no Rio de Janeiro e também em São Paulo, os clubes são unidos. Nós precisamos dessa união”, finalizou o presidente do Botafogo.

Fonte: Rádio Tupi