A diretoria do Botafogo trabalha para liberar esta semana R$ 17 milhões que estão bloqueados na Justiça por conta de ações trabalhistas de ex-jogadores. Com a verba, o clube espera quitar os salários de dezembro, o restante do décimo-terceiro e as férias de jogadores e funcionários.

– Nessa semana isso será resolvido. A expectativa é que o TRT-TJ defira nosso pedido, até para colocarmos os salários em dia antes da estreia no Campeonato Carioca (em 30 de janeiro, contra o Bangu) – afirmou o vice jurídico do Botafogo, Domingos Fleury, ao Globoesporte.com.

Com a verba para quitar as dívidas, o Botafogo espera assim dar andamento ao processo para obter as Certidões Negativas de Débito (CND) e prosseguir as negociações com a Caixa Econômica Federal para patrocinar o clube. Em um primeiro momento, a ideia é conseguir uma certidão positiva, mas com efeito de negativa. As CND seriam emitidas definitivamente somente quando o Profut for consolidado.

Fonte: Globoesporte.com