A Rádio Botafogo Oficial voltou a ter sua programação normal. Com isso, o torcedor pode acompanhar no FOGO NA REDE, em duas edições (12h e 19h do horário de Brasília), todas as notícias do Glorioso da Estrela Solitária. Todas as terças, na primeira edição, o quadro “A VOZ DO PRESIDENTE” leva aos botafoguenses um pronunciamento aos torcedores, com os assuntos mais questionados em relação ao Alvinegro durante a semana. Nesta terça, não foi diferente, e Carlos Eduardo Pereira falou sobre diversos assuntos, tirando dúvidas dos torcedores do Botafogo. Confira abaixo, na íntegra:

PRÉ-TEMPORADA

“Nossa equipe já está agora em Vitória, na cidade de Domingos Martins e lá vai aprimorar a preparação visando o Campeonato Carioca. Fizeram boa viagem, estão no China Park, que é uma instalação de excelente qualidade, onde foram feitos investimentos especialmente para receber o Botafogo, e a equipe fará um amistoso contra a Desportiva no dia 23, em Curiacica, antes de voltar para o Rio de Janeiro”.

REFORÇOS

“Da nossa parte, seguimos trabalhando aqui para buscarmos reforços para a equipe e completar o nosso elenco. Mas estamos certos que já temos uma boa base para o Ricardo Gomes iniciar um trabalho de qualidade e tenho certeza que o desenvolvimento será muito bom”.

AÇÃO DE MARKETING

“No aspecto de clube, tivemos uma ação de marketing muito interessante no último sábado, que foi pela primeira vez o Botafogo teve uma apresentação formal de sua equipe para sócios-torcedores aqui no gramado de General Severiano e foi muito especial”.

CAMPEONATO CARIOCA

“Quanto ao Campeonato Carioca, na próxima sexta-feira haverá uma reunião do conselho arbitral da federação, onde serão estudados diversos aspectos, inclusive os estádios  que serão utilizados na competição, nos clássicos, enfim, teremos boas definições para que possamos compartilhar brevemente”.

ATO TRABALHISTA

“O Botafogo segue sua luta, agora que o recesso judiciário terminou, no sentido de fazer a justiça do trabalho entender que ele precisa ter seu fluxo normal de receitas liberadas, até porque, volto a frisar, o Botafogo cumpriu em 2015 rigorosamente com todas as suas obrigações, pagando mais de 13 milhões de reais em dia, permitindo que ex-funcionários e atletas, que estavam sem esperança de receber suas indenizações e direitos, pudessem começar a receber, e criamos expectativa completamente diferente daquela que existia quando o Botafogo foi afastado do Ato Trabalhista por conta da sonegação da gestão passada e hoje não. Depois de um ano, temos um resultado muito concreto, de qualidade, seriedade e compromisso, que atendeu muitas famílias. Agora, para que continuemos a fazer esse trabalho, é necessário que a Justiça do Trabalho respeito o Ato Trabalhista. Não faça como a gestão passada do Botafogo, que não respeitou o Ato, e não pode ser a Justiça do Trabalho a descumprir e ignorar o Ato Trabalhista, proteção fundamental para que não só o Botafogo, outros clubes fazem uso do Ato, e que ele representa para esses e para o Botafogo uma alternativa muito segura, e principalmente para aqueles que estão aguardando as suas indenizações há anos, podem ter a certeza que ser indenizados”.

Fonte: Rádio Botafogo Oficial