Presidente nega desmanche no Bota e valoriza o elenco

Compartilhe:

Márcio Azevedo, Jadson, Fellype Gabriel, Andrezinho e ainda pode haver mais baixas no elenco do Botafogo nesta temporada. Ainda assim, o presidente Maurício Assumpção demonstra confiança nos jogadores que ainda seguem no clube e na comissão técnica para ajustar o time dentro das possibilidades existentes.

Hoje, Dória, Lodeiro e Vitinho são os jogadores mais valorizados do elenco e já receberam propostas para deixar o Botafogo. Por Dória, inclusive, grupos de investidores chegaram ao valor da multa (oito milhões de euros), mas ainda assim o clube carioca bateu o pé e espera algo acima dos 10 milhões de euros (R$ 29 milhões).

– Desmanche é se você não tem peça de reposição. Isso é valorização do elenco. O Fellype Gabriel disse que não via um substituto para ele no Botafogo, mas eu não vejo no futebol brasileiro. Um jogador que desempenha um papel como o dele em campo não é fácil de achar. Mas a comissão técnica arruma alternaivas com uma capacidade grande – disse Maurício.

Uma das apostas dos dirigentes é nas revelações das categorias de base do clube. Hoje, Dória e Gabriel são titulares do time e Vitinho concorre a uma vaga no lugar de Fellype Gabriel. Nesta sexta-feira, Oswaldo de Oliveira ainda escalou Sassá no ataque. Foram quatro crias do clube no time titular no coletivo.

– Quando os meninos foram exigidos, eles apareceram. Aconteceu com Gabriel, Dória e Vitinho e vai acontecer com Sassá, Gegê, Octávio, porque foram criados aqui e sabemos do potencial – afirmou o presidente.

Nesse período de paralisação do Campeonato Brasileiro, o Botafogo também fez contratações. O clube se reforçou com o atacante Elias, ex-Resende, e o zagueiro Dankler, ex-Vitória, que se apresenta no dia 16 de julho. Além deles, o departamento de futebol recebeu o atacante Alex e o volante Dedé, que estavam emprestados a Dibba, dos Emirados Árabes, e Bangu.

– As saídas estão sendo estudadas, assim como outras situações que possam acontecer. A preocupação é com o que a comissão técnica tem de planejamento para a disputa do Campeonato Brasileiro – comentou Maurício, que disse ainda não ter assinado a rescisão de contrato de Fellype Gabriel e não falou sobre a saída de Andrezinho.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários