Vai demorar para o Botafogo poder utilizar seu futuro Centro de Treinamento no Espaço Lonier, em Vargem Pequena, na Zona Oeste. Segundo informa o Globoesporte.com, o valor do projeto final das obras ficou bem acima dos cerca de R$ 5 milhões disponibilizados pelos irmãos Moreira Salles, financiadores do CT – eles já pagaram R$ 20 milhões pela compra do local.

Este montante já começou a ser usado para pagar impostos do terreno e a Tecnoplano, empresa portuguesa vencedora da licitação que vai tocar as obras. Com dificuldades financeiras, o Botafogo terá de fazer as obras por etapas e colocou como prioridade os campos.

A ideia, de acordo com a reportagem, é ter pelo menos dois campos oficiais prontos para a mudança do futebol profissional e de base. O projeto final prevê sete campos: três oficiais para o profissional, três semioficiais para a base e outro semioficial que poderá ter grama sintética.

Com esse empecilho, o Botafogo pode não conseguir realizar a pré-temporada de 2019 na nova casa, já que a construção dos campos é estimada em três a quatro meses, dependendo das condições climáticas. A diretoria alvinegra planejava iniciar as obras em julho, mas não tem pressa e quer fazer tudo bem ajustado. A previsão agora é que as obras comecem em setembro.

Fonte: Globoesporte.com