Sob o novo comando do técnico Eduardo Barroca, o Botafogo começou o Campeonato Brasileiro com derrota para o São Paulo por 2 a 0 no Morumbi neste sábado, mas deu mostras de que pode fazer um papel digno na competição, com um novo padrão tático, se reforçar o elenco. Éverton, de cabeça, no fim do primeiro tempo, e Hudson, na etapa final, fizeram os gols da vitória tricolor.

Com uma equipe bem postada e que valorizou a posse de bola sempre que pôde, o Botafogo fez um primeiro tempo controlado diante do São Paulo, mas pecou na falta de criatividade para produzir jogadas mais agudas. O time da casa também não conseguiu fazer muita coisa. Apenas o lance do gol: aos 40 minutos, Antony cruzou da direita e Éverton cabeceou entre os zagueiros, contando também com o posicionamento errado de Gatito, atrapalhado pelo sol.

Na etapa final, o Botafogo foi ganhando terreno e aumentou ainda mais o domínio na posse de bola, mas a criatividade continuou faltando para os homens de frente. Eduardo Barroca colocou em campo Luiz Fernando, Gustavo Ferrareis e Leo Valencia, mas o São Paulo se fechou bem e saía forte nos contra-ataques. Assim, aos 37 minutos, Hudson fechou o placar com um chute rasteiro: 2 a 0.

Próximos jogos

O Botafogo terá agora uma sequência de dois jogos seguidos em casa, contra adversários teoricamente mais acessíveis: quinta-feira recebe o Bahia, às 20h, no Estádio Nilton Santos, e depois encara no mesmo local o Fortaleza, domingo que vem, às 16h.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 BOTAFOGO

Local: Morumbi
Data/Hora: 27/04/2019 – 16h
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Renda e público: R$ 1.011.231,00 / 26.533 presentes
Cartões amarelos: Jonathan, João Paulo, Rodrigo Pimpão e Carli (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Éverton 40’/1ºT (1-0) e Hudson 37’/2ºT (2-0)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícios, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê (Vitor Bueno 41’/2ºT) e Antony; Igor Gomes (Hernanes 18’/2ºT), Alexandre Pato (Toró 30’/2ºT) e Éverton – Técnico: Cuca.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Gabriel e Jonathan; Gustavo Bochecha (Gustavo Ferrareis 31’/2ºT), João Paulo (Leo Valencia 32’/2ºT) e Cícero; Wenderson (Luiz Fernando 11’/2ºT), Erik e Rodrigo Pimpão – Técnico: Eduardo Barroca.

Fonte: Redação FogãoNET