Sondado pelos árabes, Bolívar diz que quer permanecer

Compartilhe:

O Botafogo tem convivido com o assédio de alguns clubes por seus jogadores. Sondagens surgem, como foi o caso do meia Fellype Gabriel, perto de deixar o Glorioso rumo aos Emirados Árabes. Outro alvo dos árabes é Bolívar, mas o zagueiro de 32 anos não pretende sair. À vontade no Bota, ele deseja renovar o contrato, que vai até dezembro de 2013.

– Ainda não (renovou), vamos esperar. Meu empresário deve me ligar para falar alguma coisa. Vamos aguardar, mas, como falei, quero permanecer. Me apeguei ao clube e admiro todos que lá trabalham – disse o zagueiro à Rádio Brasil.

Considerado um dos pilares do time campeão do Campeonato Carioca, o zagueiro já foi procurado pelo clube para tratar da renovação. A diretoria não pretende perder o atleta, contratado no início da temporada. Mas, em caso de proposta oficial do exterior, Bolívar espera pela oferta de um contrato longo para aceitar o acordo com os árabes. Sem algo concreto, ele mantém a cautela.

– Para mim, oficialmente, não chegou nada. Meu empresário me passa quando tem algo concreto. De momento não sei nada. Isso me incomoda, não gosto que fiquem especulando. Estou muito bem aqui. O torcedor me recebeu bem e meu objetivo é permanecer.

Bolívar e Fellype Gabriel não foram os únicos que despertaram interesse. No caso de Vitinho e Dória, propostas oficiais já chegaram, mas o Botafogo recusou todas. E nesta sexta-feira foi noticiado na imprensa espanhola um possível interesse do Barcelona em Dória. A intenção da diretoria, no entanto, é manter o grupo, confiante em uma boa campanha no Campeonato Brasileiro.

Fonte: Globoesporte.com e Rádio Brasil

Comentários