Autor do gol aos 49 minutos do segundo tempo que levou o Botafogo para a decisão nos pênaltis contra o Vasco, o argentino Joel Carli está com moral no clube. Com contrato até o fim do ano, ele já iniciou as conversas para renovar. O vice de futebol Gustavo Noronha crê no acerto.

– Estamos conversando e vamos chegar a um denominador comum. Por mim, ele fica aí a vida inteira (risos). Pode ficar, renovar, renovar, virar mais ídolo… A gente arruma um lugar para ele e para o Jefferson na comissão técnica (risos). Mas sério, gosto muito dele. Acho um grande atleta, profissional responsável, dedicado, sério… Jogador que se der para renovar até encerrar a carreira, eu renovaria. Mas, claro, temos as nossas limitações de orçamento e ele sabe disso – afirmou Gustavo Noronha ao site “Globoesporte.com”.

Responsável pelo contratação de Carli, o dirigente comentou o início de ano conturbado do zagueiro, que foi reserva durante um período.

– Ele é um profissional muito consciente também, isso ajudou. Claro que ninguém gosta de ficar na reserva, mas ele tem uma liderança sobre os demais atletas e se preocupa em exercê-la. Isso é muito bacana. Ele foi nota mil. Você olhava a postura dele em todos os momentos, sempre teve essa preocupação de estar junto com o grupo, ser uma das vozes a levantar o astral. Acho que ele ajudou muito nesse processo, e o próprio Anderson (Barros) e o (Alberto) Valentim ajudaram explicando que era uma opção naquele momento. Pela proposta de jogo, de esquema tático, enfim… Ele entendeu. No momento em que o treinador achou que poderia mudar, fez as alterações e deu certo.

Fonte: Globoesporte.com