Vice-governador: Maracanã será usado por cariocas no BR

Compartilhe:

O vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, afirmou neste domingo, após o empate de 2 a 2 entre Brasil e Inglaterra, que o Maracanã poderá ser usado pelos clubes do Rio de Janeiro para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil depois da Copa das Confederações. Como a Copa das Confederações acaba no dia 30 de junho e há uma data reservada para a Copa do Brasil no dia 3 de julho, a primeira partida pode ser Botafogo x Figueirense – mas o confronto ainda não está garantido para essa data. Caso fique para o dia 10, a rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro terá, no sábado, Flamengo x Coritiba. No domingo, Botafogo x Fluminense.

– Acredito que, assim que acabar a Copa das Confederações, o estádio estará liberado para os times do Rio. Falta pouco para assinar a concessão, já estamos passando tudo para a concessionária, conversando. São detalhes que serão resolvidos durante a Copa das Confederações. Podemos resolver até antes – disse Pezão.

Estádio Maracanã FOTO BOA (Foto: Agência AP)Maracanã deverá ser usado por Fla, Flu e Botafogo no Brasileiro e na Copa do Brasil (Foto: Agência AP)

O Consórcio Maracanã, formado pelas empresas Odebrecht, IMX e AEG, venceu a licitação para administrar o estádio pelos próximos 35 anos, a partir do término do torneio da Fifa (a final será no dia 30 de junho), mas o contrato com o governo do estado ainda não foi assinado.

Pelo edital de licitação, o consórcio tem que ter acordo com pelo menos dois clubes do Rio para que as equipes usem o Maracanã como mandantes. Flamengo e Fluminense já negociam com as empresas, mas nenhum compromisso foi anunciado até o momento. Como o Botafogo está sem o Engenhão, interditado, Pezão acredita que o clube alvinegro também utilizará o Maracanã.

– Pelo que estamos sabendo, a concessionária já está em entendimento com os clubes não só para o Brasileiro, mas para a Copa do Brasil. Todos os quatro clubes, os três principalmente, pois o Vasco tem o seu estádio, terão os grandes clássicos aqui no Maracanã.

O vice-governador afirmou ainda que o estádio deverá ter cargas de ingressos com preços populares após passar a ser administrado por empresas privadas, mas admitiu que será difícil baixar muito o valor.

– Tenho certeza que o povo vai poder assistir, a concessionária vai ter ingressos populares. Mas o esporte demanda hoje que os clubes tenham boa arrecadação. O Brasil perdeu muitos jogadores porque os clubes não se fortaleceram.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários