Após a derrota do Botafogo para o São Paulo, no último sábado, no Estádio Nilton Santos, Eduardo Barroca elogiou a atuação de Victor Rangel, que substituía Diego Souza, impossibilitado de jogar por questões contratuais. O treinador parece ter gostado tanto da atuação do atleta que, mesmo com o retorno do camisa 7 no comando ofensivo do Fogão, deve manter Rangel entre o onze inicial.

Victor Rangel treinou entre os titulares no treinamento desta terça-feira, no campo anexo do Estádio Nilton Santos, o último antes do duelo contra o Bahia, nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena Fonte Nova, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o retorno de Diego Souza, Victor Rangel será deslocado para a ponta, formando o ataque no lugar de Marcinho, que será realocado para a lateral, já que Fernando cumprirá suspensão automática. O camisa 29, inclusive, já fez esta função de lado de campo na carreira e, em sua primeira entrevista, afirmou que esta uma posição que gostava de atuar.

Também é possível que Diego Souza e Victor Rangel invertam de posição durante a partida. O primeiro pode cair pelo meio-campo e o segundo, desta forma, assumir o comando do ataque. A versatilidade da dupla sem a necessidade de realizar substituições é algo que agrada Eduardo Barroca.

Desse jeito, o provável Botafogo para enfrentar o Bahia é: Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel, Gilson; Cícero, João Paulo, Gustavo Bochecha; Victor Rangel, Diego Souza, Léo Valencia (Rodrigo Pimpão).

Além de Luiz Fernando e Fernando, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Eduardo Barroca não poderá contar com Alex Santana, Joel Carli e Jean, com diferentes lesões.

Fonte: Terra