O final de ano da Ponte Preta promete não ser nada positivo. A boa campanha no Campeonato Brasileiro provocou assédio em cima de seus principais jogadores e as baixas parecem inevitáveis. O meia Rhayner foi negociado com um clube do Japão, enquanto que Willian Pottker, um dos artilheiros do Brasileirão com 14 gols, está indo para o Botafogo, que já roubou Roger antes mesmo do término da competição.

Rhayner foi o ponto de equilíbrio do time no segundo semestre, embora em junho tenha quase deixado o clube por não ser aproveitado. Mas o meia terminou o ano em alta e o time campineiro tinha prioridade na sua renovação. Não houve acordo e, rapidamente, o jogador foi negociado com um clube japonês.

O nome do clube de destino está sendo mantido em sigilo por seus procuradores, na espera do anúncio oficial de sua contratação. O capixaba, de 26 anos, atua como meia-atacante, ajudando na marcação e sendo um bom “garçom” aos atacantes. Ele já passou por Náutico, Fluminense, Bahia e Vitória.

Havia muita expectativa na negociação de Willian Pottker, depois que ele dividiu a artilharia do Brasileirão com Diego Souza, do Sport, e Fred, do Atlético Mineiro. Mas se imaginava de uma negociação vantajosa financeiramente, inclusive para o exterior.

Com apenas 22 anos, ele fez a sua melhor temporada na carreira e virou prioridade no Botafogo. Acontece que a Ponte Preta só teria 10% do atestado liberatório do atleta, que teria vínculo maior com a empresa Elenko Sports, a mesma que representa outros jogadores conhecidos como o meia Maicon, que estava emprestado pelo Corinthians, e do meia Léo Cereja, da base, que acabou sendo emprestado para o Audax, um adversário no Campeonato Paulista.

OPÇÕES

O Botafogo já conseguiu tirar Roger da Ponte Preta, em novembro, quando ele não chegou a um acordo para a renovação e assinou um pré-contrato com o clube carioca. Fica a esperança, agora, da confirmação da volta de Luis Fabiano, ex-São Paulo, de 37 anos, que está voltando ao Brasil depois de uma temporada vitoriosa na segunda divisão da China.

Luis Fabiano foi revelado pelo time campineiro, o mesmo ocorrendo com o zagueiro Rodrigo, do Vasco, que aparece como opção. Ele já passou depois por outros clubes como São Paulo e Goiás antes de defender o time carioca na Série B do Brasileiro.

Fonte: Estadão