À espera do sim do técnico Zé Ricardo, o Botafogo volta a campo neste sábado, às 16h, no Estádio Nilton Santos, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, para enfrentar o Santos, que contratou Cuca recentemente.

Depois da demissão de Marcos Paquetá, que dirigiu o time só por cinco jogos quatro derrotas e uma vitória , o clima em General Severiano está carregado. Em 11º lugar, com 20 pontos, vencer hoje é fundamental para a equipe se manter afastada da zona de rebaixamento.

Quem estará na área técnica diante do Peixe será Bruno Lazaroni, auxiliar permanente da comissão alvinegra. Ele tem um problema em que a solução não é tão simples. Sem os dois laterais-esquerdos Moisés, o titular, está com uma lesão na coxa, e Gilson, o reserva, cumprirá suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo , o jeito será apostar as fichas em Yuri, revelado na base do clube.

O jogador, de 22 anos, recuperou-se recentemente de uma fratura no pé direito e não atua desde novembro de 2017, quando ainda estava emprestado ao Santa Cruz, pela Série B do Brasileiro.

No Botafogo, o atleta só entrou em campo uma vez entre os profissionais, em 19 de fevereiro do ano passado, quando substituiu o meia Leandrinho nos minutos finais da vitória sobre o Boavista: 3 a 2, de virada, pelo Campeonato Carioca. A outra opção também tem origem na base do Fogão: Jonathan, lateral do sub-20, que deve ser relacionado para o banco de reservas.

Otimista com a possibilidade de fechar com Zé Ricardo, a diretoria do Botafogo aguarda uma resposta do treinador. Salários e tempo de contrato já foram colocados à mesa. Zé Ricardo, no entanto, pediu um tempo para ouvir familiares e pessoas mais próximas.

Fonte: O Dia Online