A. Carlos mostra confiança no Bota para superar desfalques

Compartilhe:

O Botafogo vai atuar nas duas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro com três desfalques certos. O zagueiro Dória está a serviço da seleção brasileira sub 20 em jogos pela Europa, e o goleiro Jefferson e o meia Lodeiro foram convocados para defender Brasil e Uruguai, respectivamente, na Copa das Confederações.

As mudanças são sentidas pelo grupo, mas o elenco montado pelo Botafogo para a disputa da competição deixa a comissão técnica confiante na conquista de bons resultados. Nesta quarta-feira, em Aracaju, o time enfrenta o Bahia e, em seguida, joga contra a Ponte Preta, sábado, em Campinas.

antonio carlos botafogo treino (Foto: Satiro Sodré / Divulgação)
Antônio Carlos bate bola durante o treinamento do Botafogo (Foto: Satiro Sodré / Divulgação)

– Temos um rodízio nas posições e uma grande quantidade de jogadores em condições de jogar. Os caras vão fazer falta, mas quem entra está motivado e já vem jogando, que é o mais importante, pois sabe o ritmo do time. Temos tranquilidade quanto a isso – afirmou o zagueiro Antônio Carlos, que já substituiu Dória nas três primeiras rodadas.

No meio, Lodeiro é considerado por Antônio Carlos o motor do time. No último jogo, ele marcou os dois gols da vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, que deixou o time na terceira colocação no Brasileiro. O zagueiro está na torcida pelo bom desempenho do companheiro na Copa das Confederações, com exceção de um confronto com o Brasil.

– Lodeiro toca, passa, corre o campo todo. Até na musculação é o jeito dele, querendo fazer tudo. Ele se adaptou bem aqui. Mesmo sem falar bem português, conversa com a gente e está feliz. É um dos melhores do time e quando vai para a seleção do Uruguai fica ainda mais motivado. Só vou torcer contra se enfrentar o Brasil – afirmou Antônio Carlos.

Dos desfalques que poderiam acontecer, um deles pelo menos não se concretizará. Cotado para ser técnico do Milan, da Itália, Seedorf continuará no Botafogo depois da confirmação da manutenção de Maximiliano Allegri no cargo do clube italiano. Antônio Carlos ainda brincou com o futuro do holandês na função.

– Fico feliz pela permanência do Seedorf. Ele é uma referência aqui, está tocando o barco legal. Se for treinador um dia, vai ser fogo. Ele fala para caramba. Mas ainda está jogando em alto nivel, conhece o futebol e tem uma história grande – brincou Antônio Carlos.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários