A fase final da Taça Rio vale muito pouco para os times que a disputam. Para o Botafogo, o seu valor é ainda menor. Isso porque, a semifinal de domingo, contra o Fluminense, no Engenhão, será na véspera da viagem para a Colômbia e uma eventual final seria entre dois jogos da Libertadores. A situação faria com que o Alvinegro fosse obrigado a voltar ao Brasil, quando o plano original era não retornar até enfrentar o Barcelona de Guayaquil.

Por isso, existe há dúvida se o Alvinegro vai para a semifinal com a equipe titular ou reserva. O treinador Jair Ventura ainda não deu declarações públicas a respeito da sua decisão, apesar de a expectativa seja, no mínimo, um time misto.

Mas alguns jogadores — pelo menos em público — querem atuar. O volante Bruno Silva se colocou à disposição de Jair Ventura contra o Fluminense.

— Agora, estamos num momento de jogar. Eu, particularmente, quero. Mas quem decide é o Jair. Ainda que tenhamos um jogo pela Libertadores na sequência, eu quero jogar. A derrota para o Fluminense ainda não desceu — afirmou o volante, que é titular absoluto da equipe alvinegra.

Fonte: Extra Online