Após a derrota para o Fluminense na final da Taça Guanabara, 4 a 2 para o Tricolor nos pênaltis depois de um eletrizante 3 a 3 no tempo regulamentar, uma confusão aconteceu na saída do estádio Nilton Santos.

Saindo depois da partida, o presidente Eduardo Bandeira de Mello foi muito xingado por alguns torcedores. Irritado, o filho do presidente foi para o lado de seu pai e o tirou do local. Felizmente ninguém foi às vias de fato, o que poderia estragar um clássico que foi recheado de paz dentro e fora dos gramados.

Fonte: Terra