O lateral-esquerdo Pedro Rosa, que disputou o último Campeonato Brasileiro da Série B pelo Botafogo, corre contra o tempo para ter condições de defender o Volta Redonda no Carioca. Ele tem uma lesão no joelho esquerdo, vai permanecer no clube, sem salários enquanto se recupera, mas o técnico Felipe Surian pediu a diretoria do Voltaço para mantê-lo no elenco.

O jogador falou com exclusividade com a Super Rádio Tupi e espera realizar um grande Campeonato Carioca.

“A expectativa é muito boa. Sou muito querido e bem tratado aqui. Espero que possa dar tudo certo, que seja um ano de conquistas e vitórias, não só para mim mas também para o clube. o elenco que está sendo montado é muito forte e espero que possamos fazer uma boa campanha e conquistar a vaga para Série D, que é a nossa prioridade, e quem sabe almejar coisas maiores na competição.

O lateral-esquerdo afirmou não ter frustação por ter saído do Botafogo e espera voltar a um grande clube.

“Frustação não. O futebol é feito de altos e baixos. Tem clube que o jogador arrebenta e outro não. Estou tranquilo, sei da minha capacidade, do meu potencial. Espero que no Carioca eu dê a volta por cima e consiga voltar a um clube grande”.

Pedro Rosa alegou que a lesão que possui no joelho, ainda hoje, o prejudicou no alvinegro e continua atrapalhando a sua carreira.

“Infelizmente a lesão atrapalhou bastante no Botafogo. É uma lesão que ainda me prejuduca. O volta Redonda está me dando apoio nesse momento, eles contam comigo e tenho certeza que eu vou ajudar o clube a conseguir os objetivos”.

O Volta Redonda estreia no Campeonato Carioca dia 31/01, contra o Fluminense, no Estádio da Cidadania. Pedro Rosa disputou 19 jogos pelo Botafogo na temporada passada e não marcou gol.

Fonte: Site da Rádio Tupi