Seedorf não fez apenas o gol que abriu o caminho para a vitória.

Ele ditou o ritmo, orientou companheiros e fez o que tem feito em sua passagem pelo clube: jogou futebol.

Não vemos Seedorf dar pontapés, tentar jogadas tresloucadas ou simular contusões.

Com o holandês, o time de Osvaldo de Oliveira entra em campo para jogar bola e isso o coloca entre os melhores.

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online