Bota larga bem e ‘se belisca’ ante rivais menos badalados

Compartilhe:

Contra o Corinthians, atual campeão do mundo, empate fora de casa. Depois, ao receber Santos e Cruzeiro, duas vitórias. O Botafogo largou bem no Campeonato Brasileiro, mesmo diante de adversários fortes. Agora, antes da parada para a Copa das Confederações, muda de panorama. Enfrenta dois oponentes bem menos badalados: Bahia e Ponte Preta.

Nesta quarta-feira, o Bota vai a Aracaju (SE) duelar com o Tricolor baiano. O time de Salvador dá sinais de ser candidato ao rebaixamento. Teve início de ano muito ruim no estadual e na Copa do Brasil. No Brasileirão, largou com derrota para o Criciúma e empate com o Coritiba – ainda visita o Inter neste domingo.

Em tese, abre-se a possibilidade de um caminho um pouco mais fácil. Em tese. Logo depois da vitória sobre o Cruzeiro, os jogadores do Botafogo começaram a conversar sobre os perigos de exagerar na confiança, como revelou o técnico Oswaldo de Oliveira.

Oswaldo de Oliveira, Botafogo x Cruzeiro (Foto: Luciano Belford/Agência Estado)
Oswaldo pede mesma atenção nas próximas rodadas (Foto: Luciano Belford/Agência Estado)

– São times que pontuam de forma mais espaçada. O Bahia tem sido um time assim desde o ano passado. Eles (os jogadores) estavam se alertando, se beliscando dentro do vestiário, a respeito do próximo jogo. Vamos com a mesma atenção, a mesma dedicação. Os jogadores já estão se tocando disso – afirmou o treinador.

Depois de encarar o Bahia, será vez de o Botafogo enfrentar a Ponte Preta. E aí existe um exemplo bastante próximo de que o duelo pode ser traiçoeiro. Na segunda rodada, o Flamengo perdeu para a Macaca por 2 a 0 em casa.

O Botafogo, com sete pontos, é um dos líderes do Brasileirão. Apenas o São Paulo, que neste domingo visita o Atlético-MG, tem chances de chegar a nove.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários