O Botafogo volta a conviver com problemas financeiros mais graves. Desde maio, os salários estão atrasados e o time corre para poder acertar a situação. E tem a ausência de uma verba importante que poderia ajudar o clube neste momento: o dinheiro da Caixa Econômica Federal.

De acordo com o Globoesporte.com, o clube ainda não recebeu as cotas do banco estatal por este ser patrocinador master da camisa alvinegra. O motivo é que clube não tem as Certidões Negativas de Débito (CNDs) necessárias para que a verba seja liberada.

Duas delas já estão devidamente acertadas, a certidão da Receita Federal e a do fundo de garantia com a Caixa, Falta apenas acertar a CND referente à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Esta está vencida e só será renovada caso o Botafogo pague as duas parcelas atrasadas do Profut, na qual o clube está incluso.

O Glorioso poderá deixar o programa de refinanciamento das dívidas se ficar três meses sem pagar as parcelas. Com isso, o time segue buscando quitar estas dívidas e conseguir a liberação do dinheiro da Caixa. Com a verba de patrocínio, o clube poderá quitar possíveis atrasos salariais e até mesmo não precisar negociar jogadores,

Fonte: Torcedores.com e Globoesporte.cm